A NVIDIA apresentou hoje a nova arma para equipar os computadores mais potentes de 2018: a TITAN V, dispositivo com arquitetura Volta, 12 GB de memória VRAM e preço de US$ 3 mil. Em conversão direta com a cotação de hoje do dólar americano, esse valor beira os R$ 10 mil.

E a fabricante não é nada modesta ao direcionar os holofotes para a sua nova criação. A placa é apresentada como “a mais poderosa GPU de PC já criada” e, segundo a própria NVIDIA, é capaz de “transformar um PC em um supercomputador de inteligência artificial”. Tudo isso graças aos seus 21,1 bilhões de transístores, que garantem uma potência de 110 teraflops para aprendizagem de máquina, valor nove vezes superior ao de sua antecessora.

NVIDIA TITAN VNVIDIA TITAN V foi lançada hoje (8).

Tudo isso torna a TITAN V uma peça indicada para aplicações de aprendizagem de máquina, portanto, este não é um produto direcionado para games, mas para uso científico. Não por acaso a placa de vídeo foi durante a conferência Neural Information Processing Systems (NIPS), nos Estados Unidos.

“O nosso objetivo com a Volta foi empurrar os limites da computação de alta performance e da inteligência artificial. Nós atingimos um novo patamar com os seus novos formatos numéricos, arquitetura de processamento, instruções, arquitetura de memória e links de processamento”, disse o presidente e fundador da NVIDIA Jensen Huang durante o encontro. “Com a TITAN V, estamos colocando a Volta nas mãos de pesquisadores e cientistas de todo o mundo. Eu mal posso esperar para ver as suas descobertas inovadoras.”

Superplaca

A TITAN V traz como seu grande trunfo o redesenho do multiprocessador de transmissão, capaz de duplicar a sua eficiência energética em relação ao formato utilizado no design Pascal. Além disso, os seus 640 núcleos Tensor são a carta na manga da nova placa para garantir desempenho suficiente para aplicações de aprendizagem de máquina.

Especificações completas

  • Processo de fabricação: 12 nm
  • Quantidade de transistores: 21,1 bilhões
  • Clusters de processamento gráfico: 6
  • Multiprocessadores de streaming: 80
  • Núcleos CUDA: 5.120
  • Unidades de textura: 320
  • Clock base: 1.200 MHz
  • Clock Boost: 1.455 MHz
  • Capacidade de processamento: 110 TFLOPS (Deep Learning)
  • Tecnologia de memória: HBM2
  • Memória: 12 GB
  • Clock da memória: 850 MHz
  • Velocidade da memória: 1,7 Gbps
  • Interface da memória: 3.072-bit
  • Largura de banda da memória: 652,8 GB/s
  • Cache L2: 4.608 KB
  • Taxa de filtragem de texturas: 384 GT/s
  • Conectores: 3 x DisplayPort + 1 x HDMI
  • Espessura: Dual-Slot
  • Conectores de energia: 1 x 8-pinos + 1 x 6-pinos
  • TDP: 250 watts
  • Fonte recomendada: 600 watts
  • Temperatura máxima de operação: 91 °C

A TITAN V já está à venda na NVIDIA Store dos EUA, mas ainda não está disponível na loja brasileira da empresa.

Cupons de desconto TecMundo: