Samsung anunciou hoje (5) o início da produção massiva de seus novos chips de memória no padrão eUFS (embedded Universal Flash Storage) com 512 GB de espaço de armazenamento. Segundo a empresa, este é o primeiro módulo desse tipo a chegar a essa capacidade. A companhia afirma que os chips poderão ser utilizados na próxima geração de aparelhos mobile, tais como smartphones e tablets, mas também poderão ser aplicados em dispositivos de memória removíveis bem como em SSDs para notebooks e outros computadores.

Essa nova solução da coreana é construída com 64 camadas de 512 gigabit e tecnologia V-NAND. A marca afirma que fabricantes de aparelhos para o consumidor final no mundo todo poderão ter acesso a essas novas memórias, o que poderia tornar o uso de cartões micro SD obsoleto em aparelhos top de linha em um futuro próximo. As memórias eUFS são consideravelmente mais rápidas que as encontradas nesses cartões removíveis.

Suplantar potenciais limitações na performance do sistema passíveis de ocorrer com o uso de cartões micro SD

“A nova memória Samsung eUFS de 512 GB oferece a melhor solução em memórias embutidas para a próxima geração de smartphones premium ao suplantar potenciais limitações na performance do sistema passíveis de ocorrer com o uso de cartões micro SD”, explicou Jaesoo Han, vice-presidente executivo de marketing e venda de memórias da Samsung.

No total, cada um desses novos módulos de memória da Samsung é constituído de oito chips idênticos de 64 camadas de V-NAND com 512 Gb e um chip controlador. Isso é o dobro da densidade dos modelos eUFS anteriores de 256 GB de capacidade, mas ocupando exatamente o mesmo espaço físico.

Velocidade 

Esses novos chips são bastante rápidos. Eles contam com 860 MB/s de velocidade de leitura e 255 MB/s para gravação. A Samsung informa que isso permite a transferência de um clipe em full HD de 5 GB em cerca de seis segundos.

Ainda não sabemos se a própria Samsung pretende utilizar esses chips em seus próximos smartphones top de linha ou se a divisão de memórias da empresa já tem contratos para fornecer os componentes para outras marcas. A fabricante também não fala sobre quando começará a distribuir as novas memórias no mercado, anunciando apenas o início da produção em massa.

Cupons de desconto TecMundo: