Trabalhar, às vezes, pode ser um peso grande demais e, de vez em quando, uma folguinha no meio da semana cai bem para repor as energias. Mas e quando seu emprego envolve usar um dispositivo eletrônico – uma espécie de PDA – que é rastreado por GPS e tem seu posicionamento informado ao seu chefe? Como driblar, no melhor estilo malandragem, um aparelho localizador?

O eletricista decidiu ir jogar golfe o dia inteiro enquanto deveria fazer visitas em certos locais onde deveria prestar serviços

Para Tom Colella, um eletricista australiano de 60 anos, foi muito simples: colocar o PDA dentro de uma embalagem vazia de salgadinho. O truque dá certo – e deu para o homem –, impedindo que o sinal de GPS alcance o aparelho. Colella enganou seu patrão ficando em casa durante um dia de trabalho sem ele saber, mas o esquema foi descoberto e o eletricista acabou sendo demitido mesmo assim.

Como funciona?

Se vocês já repararam na parte interna de um saco de salgadinho, sabem que ele é espelhado, quase como um papel alumínio, e isso impede que o sinal atinja o aparelho que se encontra dentro dele, funcionando como uma Gaiola de Faraday. Tudo seria perfeito se Colella não tivesse uma porção de trabalho para fazer e sua ausência foi obviamente notada pela empresa.

O eletricista decidiu ir jogar golfe o dia inteiro enquanto deveria fazer visitas em certos locais onde deveria prestar serviços, que, por sinal, mantêm registros detalhados das vistas que recebem. Ou seja: Colella acabou sendo descoberto simplesmente por não estar fazendo seu trabalho direito, mesmo com o GPS de seu PDA sendo “disfarçado” pelo saco de salgadinho.

Cupons de desconto TecMundo: