A Olympus anunciou hoje (6) o lançamento de um sistema óptico dedicado à indústria e open source. A máquina é uma espécie de revival de um aparelho semelhante lançado pela companhia no início do século, mas que não vingou. Agora, o gadget chamado EyeTrek Insight EI-10 chega com a expectativa de não repetir os erros de seu antecessor.

O EI-10 pode ser acoplado a basicamente qualquer óculos a fim de dotá-lo de recursos avançados, transformando óculos comuns em smart glasses. O gadget roda Android 4.2.2 Jelly Bean, mas apenas um “esqueleto” do sistema, garantindo aos usuários a possibilidade de personalizar a experiência. Como ele é dedicado a um público empresarial, tal recurso pode ser essencial para refinar a utilização da máquina.

Olympus EI-10EI-10 foi anunciado hoje (6) pela Olympus.

O dispositivo da Olympus traz uma pequena tela OLED com resolução 640x400 pixels e conta com entrada tradicional para fones de ouvido e microfone. Ele traz 1 GB de memória RAM e 8 GB para armazenamento (metade disso será usado pelo sistema operacional). O EI-10 oferece suporte para conexões WiFi e Bluetooth e a sua bateria intercambiável de 300 mAh, que garante uso ininterrupto durante 30 a 60 minutos.

O preço do EI-10 é bastante proibitivo para usuários domésticos: cada unidade custa US$ 1,5 mil. O valor, porém, não deve ser um problema para suprir necessidades industriais.

Cupons de desconto TecMundo: