AMD tem voltado a ser uma boa alternativa para a Intel, que domina o mercado de processadores praticamente desde sempre, e agora quer ganhar terreno na categoria de laptops. Para isso, a empresa está lançando dois chips com quatro núcleos e oito threads, assim como a oitava geração de processadores da Intel.

Trata-se do Ryzen 5 2500U e do Ryzen 7 2700U, com velocidades de clock entre 2,0 GHz e 3,6 GHz, e 2,2 GHz e 3,8 GHz, respectivamente. Apesar dos processadores da Intel terem o clock mais alto, eles não possuem o poder gráfico trazido pelos chips da AMD, que trazem GPU integrada Radeon Vega. Isso é chamado de “accelerated processing unit”, ou APU, uma combinação de CPU e GPU no mesmo chip.

ryzen processador

Dois em um

A vantagem desse tipo de unidade de processamento é sua autossuficiência, diferentemente dos processadores da Intel, que precisam do auxílio de parceiros como a NVIDIA para oferecer capabilidades gráficas de alto desempenho. A AMD aproveita a tecnologia de suas placas de vídeo Radeon e a embute nos chips da linha Ryzen.

A AMD precisa, primeiro, levar esse produto para os consumidores e há a possibilidade de vermos os chips Ryzen em laptops já existentes da Acer, da HP e da Lenovo

A AMD afirma que os novos chips Ryzen vão oferecer um desempenho consideravelmente melhorado em relação à sua própria última geração de chips para laptop, com até 200% a mais de performance de CPU e desempenho de GPU até 128% maior.

É claro que a AMD precisa, primeiro, levar esse produto para os consumidores e há a possibilidade de vermos os chips Ryzen em laptops já existentes da Acer, da HP e da Lenovo até o final do ano, mais especificamente o Swift 3, o HP Envy X360 e o Ideapad 720S. Mais novidades devem ser reveladas também na CES 2018, que acontece no começo do ano que vem.

Cupons de desconto TecMundo: