Já faz algum tempo que impressoras 3D deixaram de estar limitadas a criar objetos pequenos, tornando-se recentemente capazes de erguer até mesmo casas para o público – e em espaços de tempo bastante curtos. Por isso, não deve ser exatamente surpresa descobrir que uma cidade da Holanda chamada Gemert resolveu colocar essa tecnologia em uso para criar algo bastante útil: uma ponte para ciclistas.

Contando com 8 metros de comprimento, a estrutura, criada por pesquisadores da Universidade Eindhoven, segue um design extremamente resistente, contando com um interior reforçado em aço e nada menos do que 800 camadas de concreto. Fazer ela não foi nada fácil: o processo todo utilizou uma técnica de impressão 3D que usa cabos de aço para a criação do concreto, e levou nada menos do que três meses para ser projetado.

Você pode conferir parte do projeto em andamento através do vídeo abaixo:

Os esforços, no entanto, certamente valeram a pena, já que a ponte foi capaz de resistir a um peso de cinco toneladas e a expectativa é de que a estrutura possa ser usada por ciclistas por 30 anos ou mais. Não apenas isso: sua fabricação gerou muito menos CO2, visto o fato de ela não desperdiçar cimento (algo bem diferente do dispendioso processo normal) e é quase três vezes mais rápido do que os meios comuns.

É importante notar, por fim, que essa ponte é apenas o começo. Com o conhecimento adquirido dessa construção, os pesquisadores têm planos de erguer estruturas ainda maiores com seu método de impressão, incluindo cinco casas que serão ocupadas, quando terminadas.

Cupons de desconto TecMundo: