Não deu para esperar a IFA 2017: as especificações do processador do Huawei Mate 10 – que já haviam sido vazadas na semana passada – foram “confirmadas não oficialmente”. Isso porque o Kirin 970 pôde ser flagrado nos bastidores da feira de eletrônicos, sem a comum pompa que o dispositivo receberia em uma apresentação oficial no evento diante do público.

A eficiência do Kirin 970 também é muito maior que seu antecessor, ainda fabricado em FinFET 16 nm, apesar das especificações não serem consideravelmente maiores que do Kirin 960

Segundo foi flagrado pela publicação Anandtech, o Kirin 970 é fabricado com arquitetura FinFET de 10 nm, que reúne 5,5 bilhões de transistores em um centímetro quadrado, e seu destaque – que deve ser bem explorado pela Huawei -  é a unidade de processamento neural contida (NPU) no chip. Apenas ela possui três vezes mais poder de processamento que o Kirin 960 inteiro.

A eficiência do Kirin 970 também é muito maior que seu antecessor, ainda fabricado em FinFET 16 nm, apesar das especificações não serem consideravelmente maiores que do Kirin 960. O chipset que vai dar vida ao Huawei Mate 10 possui CPU com oito núcleos, GPU com 12 núcleos, dual ISP e muito mais. Confira as especificações completas, conforme foram vistas diretamente da Huawei da IFA 2017, a seguir:

Especificações técnicas

  • Processamento: TSMC 10 nm
  • CPU Octa-core: 4 x A73 de 2,4 GHz e 4 x A53 de 1,8 GHZ
  • GPU: ARM Mali-G72 MP 12
  • NPU: 1,92 T FP16 OPS
  • Dual ISP: detecção de movimento e melhoria na captação de luz baixa
  • Vídeo: HDR10, decodificação de 4K e 60 fps e codificação de 4K e 30 fps
  • Modem: LTE Cat 18 de até 1,2 Gbps DL

Cupons de desconto TecMundo: