Apesar da robótica estar em pleno desenvolvimento e cheia de novos recursos que esbanjam inteligência artificial, robôs aspiradores já são um pouco, digamos, ultrapassados. Porém, isso não quer dizer que novas funções não sejam bem-vindas nesses simpáticos ajudantes do lar.

Se os robôs aspiradores têm se mostrado cada vez mais úteis e espertos, sendo possível programá-los com detalhes sobre onde devem limpar, muitas vezes seria interessante poder dizer a eles onde NÃO ir. Com sensores modernos e inteligentes, esses dispositivos desviam de obstáculos e se metem nos cantos mais complicados de acessar para deixar tudo brilhando de limpo. Mas e quando queremos que ele deixe alguma parte intacta?

Ali não pode!

Isso é ótimo para evitar que o robô aspirador passe em locais onde não devia, derrube coisas delicadas ou até mesmo despenque de uma escada

É esse recurso que o novo Botvac D7 Connected da Neato traz para seus potenciais usuários – a possibilidade de delimitar uma área que ele deve evitar. Usando câmeras e sensores para mapear o local onde vai limpar, o D7 é o dispositivo de limpeza mais moderno da Neato e sua função mais interessante é a “No-Go”, onde podemos programar via aplicativo para smartphone os locais onde o robozinho não deve ir.

Isso é ótimo para evitar que o robô aspirador passe em locais onde não devia, derrube coisas delicadas ou até mesmo despenque de uma escada. Tudo isso sem a necessidade de inventar meios de “enganar” o dispositivo, usando fitas adesivas ou outras manhas para impedi-lo de ir onde você não quer. Basta delimitar os locais no app e pronto.

O novo Botvac D7 Connected custa cerca de US$ 800, ou R$ 2.520 – um pouco salgado para um limpador de poeira –, o que faz dele um dos (se não o) mais caros robôs aspiradores do mercado. Será que vale a pena?

Cupons de desconto TecMundo: