Se você é um sortudo dono de uma impressora 3D, sabe da grande quantidade de plástico inútil que ela pode gerar, como quando produzimos um protótipo – ou quando algo dá errado na impressão. Um projeto publicado no Kickstarter promete reutilizar esses resíduos para produzir novos filamentos, e em casa!

“DNA”, a extrusora portátil pode, além de diminuir o descarte desnecessário de lixo, reduzir os custos da matéria-prima para as impressões.

Pesando apenas 4,7 quilos, a máquina consegue produzir pouco mais de 3 metros de filamentos por minuto, totalizando um quilo por hora. Obviamente, você não poderá colocar resíduos inteiros dentro da máquina, uma vez que ela processa apenas plástico granulado.

Para ter sua própria “produtora de filamentos” em casa, você deve bancar a bagatela de US$ 600 (cerca de R$ 1.895,30 sem impostos), além dos US$ 12 (cerca de R$ 38 em conversão direta) de frete para o Brasil. O pacote inclui a extrusora portátil, bocais para trocar e um quilo de plástico granulado.

Cupons de desconto TecMundo: