Uma patente da Microsoft recém-publicada na internet mostra que a empresa realmente esteve experimentando com smartphones dobráveis nos últimos anos. O documento foi registrado incialmente em 2016, mas só agora foi tornado público.

O conteúdo da patente basicamente elabora sobre a possibilidade de utilizar aparelhos móveis dobráveis como uma forma de melhorar a conectividade LTE. Separando antenas e modens de componentes como a bateria e outros chips em faces distintas do dispositivo, a Microsoft acredita ser possível obter melhor recepção.

É curioso notar que essa patente foi registrada por funcionários do time de hardware do Surface e não da divisão mobile que foi abrigada na empresa depois da compra da Nokia. Fora isso, os desenhos do documento mostram que os criadores pensaram em duas possibilidades para um dispositivo dobrável: um com as duas faces de espessura idêntica e outro com uma parte mais grossa onde seriam encaixados componentes mais espessos, como a câmera.

Apesar de dar ainda mais esperança para os fãs da marca que esperam o mítico Surface Phone, é interessante comentar que grandes empresas como a Microsoft registram muitas patentes que acabam nunca sendo utilizadas em seus produtos. Ainda assim, o nível de detalhamento acerca do espaçamento ideal entre componentes e a temperatura em graus Celsius que o aparelho da patente poderia suportar sugere que a empresa de fato construiu protótipos para confeccionar esse texto.

Cupons de desconto TecMundo: