O breve futuro será muito melhor do que depender das iniciativas com impressoras 3D, principalmente no que toca áreas da medicina e saúde. No caso, pesquisadores da ETH Zurcih desenvolveram um coração de silicone que funciona como órgão real.

Segundo os pesquisadores, o coração feito em impressora 3D poderá ser usado em breve para pacientes que necessitam de um coração temporário. Por exemplo, aqueles que esperam um transplante do órgão real.

É possível imprimir um coração do tamanho necessário que encaixe no paciente

Este coração foi desenvolvido em uma estrutura única e sólida de silicone. De acordo com a pesquisa, ele é muito superior aos mecanismos utilizados atualmente para simular o órgão, isso porque não possui metais e plásticos, que são suscetíveis a complicações.

Por ser feito em impressora 3D, é possível imprimir um coração do tamanho necessário que encaixe no paciente. Como você pode ver nas imagens, o item ainda possui os ventrículos direto e esquerdo, separados por uma câmara que pode ser inflada para mimetizar as contrações do sangue.

Nos testes, a equipe conseguiu manter o coração funcional com 3 mil batidas. Isso permite que um paciente fique vivo durante 30 até 45 minutos. Ou seja: ainda está longe do ideal, mas o caminho já foi aberto.

A tecnologia é incrível, amigos

Cupons de desconto TecMundo: