Depois de boatos sugerindo que a Samsung estaria pensando em fazer três variações do Galaxy S7, cada uma com um processador diferente, agora surgem novas informações que sugerem que a coreana está focada a trazer os chipsets da Qualcomm de volta para seu smartphone top de linha. De acordo com o Business Korea, a empresa está se esforçando consideravelmente para resolver os problemas de aquecimento e otimizar o Snapdragon 820.

A companhia está trabalhando para lançar ainda neste mês um patch para o programa de controle do microprocessador. Se isso não resolver o superaquecimento, o plano B da fabricante seria usar dutos de irradiação para melhorar a dissipação de calor. Caso essas informações sejam confiáveis e a coreana esteja mesmo se esforçando tanto para fazer a CPU da Qualcomm funcionar bem, isso significaria que ela provavelmente pretende incluir o chip no Galaxy S7.

Como o Snapdragon 820 está sendo produzido usando o processo FinFET de 14 nanômetros da Samsung, resolver os problemas de aquecimento do componente seria algo duplamente lucrativo para a fabricante. Ao mesmo tempo que resultaria em vendas maiores do Galaxy S7, a melhoria da performance do chipset também aumentaria sua adoção por outras fabricantes de smartphones – o que também significa mais dinheiro para a coreana.

Lutando em dois frontes

Ao mesmo tempo que continua seus esforços para resolver os problemas do Snapdragon 820, a Samsung também está trabalhando na sua próxima geração de CPUs próprias, a Exynos 8890. Resta agora esperar para ver se as dificuldades serão superadas e se realmente veremos o Galaxy S7 em versões com processadores diferentes.

O Snapdragon 820 será capaz de conquistar confiança por parte de fabricantes e usuários? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: