Houve uma época em que a corrida entre as fabricantes de processadores era para aumentar o clock. Depois, para ter mais núcleos. Agora, um dos rumos da indústria é o de fazer essas peças gastarem cada vez menos energia, por causa dos dispositivos mobile e dos futuros acessórios vestíveis.

Sob essa filosofia, uma empresa chamada Ambiq Micro anunciou uma linha de chips chamada Apollo, que a companhia define como "o microcontrolador de menor consumo do mundo". Esse processador, que tem um núcleo ARM Cortex-M4F, consegue ser dez vezes mais econômico em energia que um da STMicro.

No modo ativo, o chip da Ambiq usa 840 microamperes em um clock de 24 MHz, dando média de 35 microamperes por MHz. No modo de hibernação é mais eficiente ainda: 100 nanoamperes, ou seja, 28 vezes melhor que o concorrente.

A eficiência está na diferença de tensão necessária para ativar os circuitos: um processador normal trabalha com 1,8 V, enquanto os da Ambiq usam apenas 0,5 V. Isso é possível graças à Subthreshold Power Optimized Technology (tecnologia de consumo sublimiar aprimorado, na sigla em inglês). A companhia já produz um dispositivo Real-time Clock com esse método.

Enfim, é tudo muito lindo no papel. Agora, é esperar que o produto realmente atenda todas as especificações.

Cupons de desconto TecMundo: