(Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia)

A Intel e a Apple podem estar prestes a fechar um acordo comercial importante. Segundo informações da Reuters, a maior fabricante de processadores do mundo pode começar a fabricar os chips desenvolvidos e utilizados pela Maçã em seus produtos, mais especificamente os modelos da série A que movimentam os iPhones e iPads.

Atualmente, a Apple não produz nenhum chip, apenas cria os projetos e terceiriza a fabricação. E a empresa responsável pela produção desses processadores é justamente a Samsung, uma das maiores rivais da Apple. Ao mudar de fornecedor, a empresa passaria a depender menos de sua concorrente.

Um bom negócio para as duas empresas?

Para a Intel, esse processo seria interessante, pois o mercado de PCs vem enfrentando dificuldades com a queda acentuada nas vendas, setor em que ela é líder. Ao fechar essa parceria com a Apple, ela poderia aumentar o seu lucro no curto prazo.

Por outro lado, é importante lembrar que a Intel subestimou o poder dos smartphones e agora luta para emplacar os seus próprios processadores nos dispositivos portáteis. Ao assumir a fabricação de chips com a arquitetura ARM utilizada pela Apple, ela poderia estar minando o seu próprio futuro.

Quem deve decidir se esse negócio será fechado ou não deverá ser o novo CEO da Intel, uma vez que Paul Otellini já anunciou a sua aposentadoria para o próximo mês de maio.

Cupons de desconto TecMundo: