Acredite: ela funciona. (Fonte da imagem: 8-bit Spaghetti)

Aqui no Tecmundo, você acompanha as notícias dos processadores mais novos e potentes do mercado, como o Ivy Bridge e o Tegra 3. Mas a criação de Kyle Hovey está no outro extremo: peça por peça, ele decidiu construir sua própria CPU de 8-bits e documentar tudo em um blog.

No 8-bit Spaghetti, ele descreve passo a passo a construção do processador, que é a salada de fios que você vê na imagem acima. Estão lá detalhes das placas usadas, da configuração da memória NVRAM (não volátil, que não perde os dados com o desligamento do aparelho) inclusa na CPU e até o código de programação para o sistema funcionar.

A máquina foi tomando forma aos poucos, à medida que Hovey aprendia o funcionamento desses equipamentos em livros, conversava com especialistas e comprava transistores, placas, chips e uma infinidade de fios.

As primeiras peças da CPU caseira. (Fonte da imagem: 8-bit Spaghetti)

Segundo o ExtremeTech, apesar de parecer simples para um estudante da área, a máquina tem alguns trunfos: fora as gambiarras, o circuito de cálculos ALU (unidade lógica e aritmética) funciona sem transistores, que é a tecnologia mais comum, e tudo fica guardado na NVRAM.

Fontes: 8-bit Spaghetti e Extremetech

Cupons de desconto TecMundo: