(Fonte da imagem: Divulgação NVIDIA)

Durante uma conferência com investidores realizada na semana passada, em Nova York, o atual CEO da NVIDIA, Jen-Hsu Huang, afirmou que a empresa iria sair do mercado de chipsets para computadores pessoais, limitando-se apenas a placas de vídeo dedicadas. Segundo o site IDG News Service, o presidente Huang afirma que “a Intel prefere que nós (a NVIDIA) fiquemos de fora”.

Apesar de enfatizar o recuo no mercado de componentes para PCs, o CEO deixou claro que continuará atacando “pelos flancos” com os processadores para dispositivos móveis, uma área em que Intel quase não tem presença se comparado com os chips Tegra. Além disso, Huang também afirma que a empresa tem crescido no mercado de processamento gráfico, tendo expandido suas operações para os servidores e supercomputadores.

Ainda assim, a NVIDIA continuará trabalhando em conjunto nos próximos chips da Intel com processador gráfico incorporado, trazendo uma atuação melhor com suas placas de vídeo offboard. A declaração de Jen-Hsu Huang também deixou claro que a NVIDIA não entrará na guerra travada entre a Intel e a AMD pelo mercado de processadores da arquitetura x86.

Cupons de desconto TecMundo: