A GSMA divulgou um estudo apontando que o número de usuários de internet móvel pode aumentar cerca de 50% até o ano de 2020. Segundo a empresa, a previsão é de que a internet via mobile receba cerca de 150 milhões de novos assinantes, alcançando um total de 540 milhões — fato que estimulará o aumento econômico junto à inclusão digital e inovação.

A América Latina pode ser convertida para a segunda região de mais rápido crescimento  global, superada apenas pela África subsaariana. Especula-se que a penetração de assinantes móveis aumentará de 65% da população da região para 78% em 2020, porém os níveis de penetração variam bastante, pois países como Cuba, por exemplo, se apresentam hoje em baixa.

O uso de tecnologias e serviços via mobile em toda a América Latina e Caribe gerou US$ 255 bilhões (cerca de R$ 800 bilhões) em valor econômico, o que equivale a 5% do PIB do local. Espera-se que essa contribuição chegue a mais de US$315 bilhões (aproximadamente R$ 990 bilhões) em 2020, ou 5,5% do PIB. Acesse o relatório com o infográfico e pesquisas completas por aqui.