A Microsoft publicou um alerta informando sobre uma nova vulnerabilidade descoberta para o PowerPoint, que permite a um usuário malicioso executar programas remotamente. O erro afeta praticamente todas as versões do Windows (a única exceção é o Windows Server 2003).

"Um cibercriminoso pode causar execução remota de código se alguém for ludibriado a abrir um documento maliciosamente preparado que contém um arquivo OLE infectado", diz a página.

Um pacote de correção oficial ainda não foi anunciado, mas a companhia tem um programa pontual para corrigir a vulnerabilidade (vá para o link Fix it 51026). Outras recomendações incluem o aviso de não abrir links e arquivos de origens suspeitas, além de instalar um bom antivírus e um firewall.

Cupons de desconto TecMundo: