O SBT Brasília pegou no flagra alguns deputados entendiados com a sessão em que foram votados vários pontos importantes da chamada "reforma política", como o financiamento privado de campanha e a reeleição para cargos executivos. Eles estavam assistindo a vídeos pornográficos no celular.

Em vez de prestar atenção nos discursos dos colegas, refletir sobre o voto ou se preocupar com o que os eleitores pensam, um grupo começou a agir de forma suspeita: um deputado colocava o celular debaixo da mesa, chamava um colega que logo avisava outro... Com vários parlamentares amontoados em um canto, a câmera do SBT flagrou o ocorrido e postou um curto clipe no Facebook para servir de denúncia.

FLAGRANTE!Deputados assistindo vídeo pornô durante a votação da reforma política. Pode isso, produção?

Posted by SBT Brasília on Quinta, 28 de maio de 2015

É bem verdade que a sessão não parecia estar em um momento crucial, mas o ato é bastante condenável — trata-se de um ambiente de trabalho e de recursos, desde internet até aparelhos, pagos com dinheiro público. É curioso perceber que, na mesa do deputado que parece ser o primeiro a receber o vídeo, há um papel relacionado a uma Santa Missa da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O SBT não divulgou o nome dos políticos envolvidos, mas a reprovação na postagem já é massiva.

Por causa das poses picantes e dos "atos obcenos" na tela, a imagem está borrada. Porém, não seria nenhuma surpresa se o conteúdo for algo compartilhado em grupos do WhatsApp. Vale lembrar que, recentemente, a Câmara dos Deputados também aprovou o aumento de impostos para produtos importados

Cupons de desconto TecMundo: