Quando você é criança e adolescente, é bem comum fazer várias trapalhadas por causa do seu tamanho. Afinal, com todos os membros crescendo e o seu corpo mudando, pode ser um pouco difícil lidar com a noção espacial. Quem sofreu na pele, ou melhor, na tela, o que essas mudanças podem ocasionar foi um quadro com mais de 350 anos e avaliado em US$ 1,54 milhão (R$ 5,5 mi).

A pintura "Flores", do italiano Paolo Porpora, foi concebida no século 17 e fazia parte da exposição "Faces of Leonardo", que acontece em Taipé, na capital de Taiwan. A galeria apresenta artes que foram pintadas ou influenciadas por Leonardo da Vinci.

Como qualquer grande exposição, várias pessoas estavam visitando o local. Entre elas, também estava um garoto de 12 anos. O menino, enquanto andava todo feliz observando os quadros e com um refrigerante maroto nas mãos, não viu que o perigo se aproximava e esbarrou na proteção do quadro "Flores". Todo desequilibrado, a única saída do garoto foi apoiar na parede para não cair. Agora, imagine a tristeza que bateu quando ele percebeu que a parede não estava vazia. Veja o GIF do momento aqui embaixo.

O resultado foi um buraco no quadro, segundo o organizador do evento, David Sun. "Foi um acidente raro", comentou e ainda tranquilizou a família da criança dizendo que eles não vão ser alvos de nenhuma punição. Segundo a Reuters, tanto o garoto quanto seus pais lamentaram muito o ocorrido.

"Um especialista italiano estava por perto e imediatamente contatamos o colecionador. Decidimos reparar a pintura no local e ela já está de volta ao local de amostragem", disse Sun.

Você acha que quebrar um espelho dá sete anos de azar? Imagine uma obra-prima do século 17 que vale mais de R$ 5,5 milhões. Veja abaixo as fotos da restauração e do quadro.

O que você acha da segurança feita sobre obras primas em museus? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: