Em diversos setores do mercado, a propaganda é a alma do negócio. Os fabricantes de celular, por exemplo, não cansam de dizer que tal produto é o melhor, o maior ou o mais leve – mesmo que a diferença para os concorrentes seja mínima. Algumas vezes, porém, a estratégia sai pela culatra, e esse foi exatamente o caso do Tornado 348 da Kazam. Para fazer um hype em cima do dito “celular mais fino do mundo”, a empresa criou um comercial bastante apelativo. O resultado? Reclamações diversas do público e um veto das autoridades britânicas.

Realmente ultrafino – com uma espessura de apenas 5,15 milímetros – o aparelho foi anunciado pela empresa formada por ex-funcionários da HTC em outubro do ano passado. Para realçar a espessura reduzida do produto, a Kazam elaborou o vídeo em que uma moça se preparando para sair passa a ferro uma camisa e, ao vesti-la, descobre que o celular estava no bolso da roupa todo o tempo. Uma boa sacada, não fosse a produção digna dos antigos comerciais de cerveja, que se apoiavam totalmente na imagem do corpo da mulher.

Objetificação ou sensualidade?

Depois de receber denúncias de cidadãos do Reino Unido, a Advertising Standards Authority (ASA), responsável por regular a publicidade local, resolveu banir a exibição da peça. Acusando a produção de ser sexualmente sugestiva e de objetificar as mulheres, a ASA justificou sua decisão em um relatório na sua página oficial. “A maior parte do comercial se foca inteiramente na atriz de lingerie, incluindo cenas que mostram diversos closes em seios, bumbum e lábios”, escreveu o órgão britânico.

A música contribuiu para o clima de sexualidade da peça, assim como o fato da atriz em questão tocar o corpo a todo o momento enquanto circula pelo local. A Kazam tentou se defender, dizendo que todo o roteiro foi criado para ilustrar a espessura de seu produto, em uma situação “rotineira” na vida do público. Dificilmente a desculpa “levemente” esfarrapada vai colar com as autoridades ou com os consumidores, já que basta assistir ao comercial para conferir que ao longo de um minuto, apenas 10 segundo são dedicados ao smartphone.

Como a veiculação do vídeo só foi proibida na televisão, ainda é possível conferir o material no canal oficial da companhia no YouTube ou mais acima, no começo da matéria. Vale lembrar que, apesar de toda confusão, o Tornado 348 nem é o celular mais fino no mercado, com o cargo sendo ocupado atualmente pelo Oppo R5 com uma espessura ridiculamente reduzida, de apenas 4,85 milímetros – o que deve dar um certo medo de colocar no bolso.

Apesar de relativamente desconhecida do público geral, a Kazam também participará da MWC 2015, evento mobile que rola na próxima semana em Barcelona e terá cobertura do TecMundo. Caso tenha se interessado pelo celular polêmico da empresa, confira abaixo suas configurações:

Especificações Técnicas

  • Tela: AMOLED de 4,8 polegadas
  • Resolução de tela: HD (1280x720 pixels)
  • Sistema operacional: Android 4.4.2 (KitKat)
  • Processador: MediaTek MT6592 octa-core de 1,7 GHz
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB
  • Câmera traseira: 8 MP
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Bateria: 2.050 mAh
  • Dimensões: 139,8 x 67,5 x 5,15 mm

Cupons de desconto TecMundo: