Você provavelmente conhece a Gameloft. Trata-se da softhouse responsável por grande parte dos games que varrem o ecossistema mobile. Entretanto, ao que parece, a polícia de Yogyakarta, na Indonésia, ainda tinha algumas dúvidas quanto à natureza da atividade do estúdio e, como resultado, um efetivo policial foi mandado ao local em busca de indícios de “jogos de azar”.

O rumor teria surgido após denúncias anônimas relacionadas às premiações conferidas pela desenvolvedora às pessoas que alcançassem boas pontuações em seus jogos. A abordagem, entretanto, não foi particularmente ortodoxa. Além de não possuírem um mandado para conduzir a investigação no local, os oficiais disfarçados ainda teriam ferido um guarda privado na tentativa de entrar.

Posteriormente, os oficiais retornaram ao local com outros agentes uniformizados, dessa vez devidamente munidos de um mandado. Conforme já era de se esperar, os oficiais não encontraram nada de incriminador no local. Posteriormente, desenvolvedores da Gameloft foram ao Twitter para reportar a indignação, classificando o comportamento dos policiais como “rude como o inferno”.

Cupons de desconto TecMundo: