Pokémon GO vem sendo relacionado em inúmeros "problemas", desde cadáveres encontrados no meio do mato até homicídios. Na noite de ontem (04) em Oregon, nos EUA, uma mulher de 34 anos foi baleada e está em estado grave. Os relatos iniciais indicavam que a mulher estava jogando Pokémon GO no momento do crime, como a própria comentou para a polícia, mas as autoridades locais acabaram de desmentir a informação.

"Ela nem tinha um celular", disse o porta-voz da polícia de Oregon, Adam Baker. Baker ainda comentou que a vítima havia passado um nome falso para as autoridades, por isso, "ela não foi muito verdadeira", disse.

Ainda não há uma resolução para o caso e a polícia acredita que, tanto vítima quanto agressor se conheciam. Além disso, Adam Baker comentou que ela provavelmente vai sobreviver aos ferimentos.

Por causa das últimas notícias, Pokémon GO pode ser "até" um pouco perigoso se você for desatento. Contudo, é uma certeza que você não consegue jogar o game se não tiver um celular — ok, ou um PC.

Cupons de desconto TecMundo: