Você acha que é um jogador de Pokémon GO do tipo "Hardcore"? Pois há grandes chances de que não seja tanto quanto Jimmy Derocher.

Depois de ver uma série de jogadores dizendo que é impossível conseguir 1.000.000 (um milhão) de pontos de experiência (XP) sem ser um cheater, ele decidiu traçar um plano de conseguir a façanha.

E para tornar o desafio maior, decidiu fazer isso em apenas um final de semana. Parece impossível? Parece! Mas ele tinha um bom plano.

Derocher conseguiu traçar um mapa com 10 PokéStops muito próximas umas das outras, espalhando Lures por todas elas. Esse percursos acabou ficando conhecido como o "Jimmy's Loop", que você pode ver logo abaixo.

Para provar que não estava usando nada ilegal, Derocher realizou uma transmissão ao vivo da jogatina e obteve o auxílio de alguns amigos para filmar e transmitir. Não demorou para que centenas de pessoas começassem a acompanhar a tentativa.

Tudo indo bem?

Tudo parecia ir muito bem e os planos dele seguiam o curso normal. A tática era de fazer com que as voltas não levassem mais de cinco minutos, sendo que não era permitido parar para pegar pokémons — a menos que houvessem mais monstros do que apenas zubats.

Mas na décima terceira hora de ação, as coisas ficaram complicadas. Por causa das políticas anti-cheat, todos os pokémons pararam de ser capturados. Não importava o CP, o uso de frutas ou de bolas mais resistentes... Todos os Pokémons fugiam. Naquele momento, Derocher já tinha obtido cerca de 600 mil XP.

Por causa dos percursos repetidos, os servidores da Niantic começaram a interpretar que Derocher estava utilizando bots. O mestre não se mostrou surpreso e disse que entendia perfeitamente o que estava acontecendo, uma vez que suas ações realmente não refletiam o uso comum do game.

Soft-ban

Jimmy Derocher foi banido por 24 horas de Pokémon GO. Apesar de entender o que aconteceu, ele diz que os bots devem ser ainda mais eficientes, por isso a Niantic deveria rever suas políticas, que estariam "atingindo mais jogadores do que o esperado".

Derocher acredita que a Niantic deveria rever suas políticas

>Como mostra o Kotaku, tudo isso também tem um lado bom. O mestre Pokémon utilizou um app chamado Charity Miles — que transforma exercícios físicos em dinheiro para a caridade. Com isso e com a soma do dinheiro doado pelos espectadores do Stream, ele conseguirá repassar cerca de US$ 60 para instituições.

Você acha que conseguiria chegar à marca de 1 milhão de XP num dia só?

Cupons de desconto TecMundo: