Em 1966, quando John Lennon disse que os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo, a declaração ganhou ares de polêmica rapidamente. Agora, 50 anos depois outro produto da cultura pop pode dar sequência ao tema inusitado, isso porque Pokémon GO está se provando mais popular que a Bíblia... Bem, pelo menos, quando o assunto é o número de referências registradas em relação a ambos os termos na Wikipédia.

Mesmo tendo sido lançado há apenas um mês, o jogo mobile de bichinhos colecionáveis já soma uma quantidade absurda de informações em suas entradas na enciclopédia virtual. Com curadoria e edição de material deixada na mão dos próprios internautas, o artigo dedicado ao game apresenta nada menos que 196 notas de rodapé em sua versão em inglês – um número que cresce dia a dia. Não precisa se preocupar, a página em português não fica muito atrás disso, anotando 164 links externos.

A comoção do público é surreal

Para efeitos de comparação, o livro sagrado dos católicos acumula 113 referências em sua edição norte-americana e apenas 64 delas quando o idioma e alterado para o falado aqui no Brasil – um país predominantemente cristão. Se considerarmos que a Bíblia é um dos livros mais impressos, vendidos e distribuídos da história, e que seus textos são discutidos diariamente há um tempo bastante razoável, isso dá uma prévia da força que Pokémon GO tem na atual geração de consumidores.

Os próprios norte-americanos parecem estar surpresos com o sucesso do app desenvolvido pela Niantic em parceria com a Nintendo, já que até mesmo o beisebol, um dos principais esportes da Terra do Tio Sam, foi ultrapassado tranquilamente pelos monstrinhos virtuais – ficando em segundo lugar no portal informativo, com “somente” 188 notas. Por enquanto, os brasileiros só podem acompanhar de longe toda essa comoção em torno do jogo, uma vez que ainda não há notícias concretas a respeito do lançamento do aplicativo por aqui.

Cupons de desconto TecMundo: