O fenômeno Pokémon GO está longe de se afastar das notícias. Agora, uma nova situação coloca em xeque o fator segurança do aplicativo, ao menos no que diz respeito ao descontrole dos ânimos dos usuários em escala mundial. Popular streamer do Twitch, Summit1g soma 86 milhões de visualizações. O jogador estava transmitindo uma caçada de Pokémon GO num parque, nos EUA, e foi interrompido por um perigoso trote de mau gosto que tem se alastrado pela internet.

O vídeo no topo desta notícia mostra que o apresentador suspeita que alguém chamou a polícia durante a transmissão. Seria um espectador que disse, no chat do Twitch, para todos “manterem os olhos na conversa”. Logo em seguida, a polícia aparece.

De acordo com a KKTV, foi dito às autoridades que o homem no parque “tinha uma AK-47 ou uma AR” e que ele havia “plantado bombas remotas no local e queria matar policiais”. Por sorte, a situação não escalou para cenários piores, e Summit1G conseguiu explicar o que realmente estava acontecendo.

“Forneci algumas informações [aos policiais] sobre o que estava acontecendo porque eu meio que sabia, considerando que isso acontece com outros streamers o tempo todo. (...) Você consegue o endereço de alguém e envia a polícia pra lá. Nunca imaginei que isso pudesse acontecer num parque”, contou o jogador ao portal. "Tudo está bem, foram superlegais", relatou no Twitter após o incidente.

O perigo que esse tipo de trote representa

Sabe quando alguém mente brincando o tempo todo e, ao falar a verdade, ninguém acredita? Esse trote, que tem se escalonado mundialmente com a febre Pokémon GO, é mais ou menos assim. Basicamente, alguém de má-fé alerta a polícia e faz as autoridades gastarem tempo e recursos indo até o local para descobrir que... Apenas havia alguém caçando pokémons.

É claro que a polícia não vai deixar de atender a um pedido “acreditando ser mentira”, mas o tempo que ela gasta em algo inútil poderia ser utilizado em algo útil – no entanto, os que aplicam o trote, naturalmente, não pensam no bom senso. “Literalmente, tudo o que eles [que aplicam o trote] fazem é gastar tempo e recurso da polícia, colocando pessoas em perigo... O cara estava sacando uma M16 de seu porta-malas... E eu ainda consegui a p*rra do Charmander, malandro”, afirmou o streamer, que encerrou as transmissões no dia.

Quando as brincadeiras envolvem autoridades e falsas ameaças, o perigo, que era fictício, pode se fazer real – ainda mais num contexto turbulento que o mundo atravessa com os atentados dos últimos tempos. Portanto, vamos todos curtir Pokémon GO sem extrapolar, certo? Compartilhe conosco suas reflexões na seção destinada aos comentários, aqui embaixo.

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: