O que já era muito temido pelos fãs de Pokémon acaba de se tornar realidade: temos a primeira morte registrada com ligação a Pokémon GO. A vítima, Jerson Lopez de Leon, de apenas 18 anos, teria sido assassinada após ser baleado várias vezes, enquanto jogava junto de seu primo Daniel Moises Picen, de 17 anos, em Chiquimula, na Guatemala.

Segundo o site Metro, os criminosos que mataram Jerson usaram o mesmo método utilizado por um grupo de ladrões norte-americanos: eles usaram um PokéStop para atrair as vítimas até eles, assaltando-os a mão armada. Depois disso, eles simplesmente chegaram em uma van, atiraram e partiram.

“Eu não sei por que meu filho saiu de casa”, começou Rosalinda, mãe de Jerson. “Ele já estava na cama quando seu primo mandou uma mensagem para ele pedindo para saírem e baixar um jogo algumas quadras de casa.”

Jerson levou aproximadamente 20 tiros em ataque.

Um total de quase 20 invólucros de bala foram encontrados na cena do crime. Das duas vítimas, apenas o mais jovem teria sobrevivido, apesar de ter se ferido; Jerson, por sua vez, chegou a ser levado ao hospital, mas não sobreviveu aos ferimentos. A polícia ainda está em busca do motorista do veículo, bem como de seus ocupantes.

Cupons de desconto TecMundo: