A dominação global de Pokémon Go está apenas começando, e nós simplesmente não cansamos de ler notícias referentes aos lendários monstrinhos de bolso. Só é de se lamentar que, bem, nem todas as informações sejam exatamente boas: desta vez, um cidadão da Flórida, nos EUA, atirou no carro de dois adolescentes que estavam jogando o game após aparentemente ter confundido os garotos com ladrões.

De acordo com o Orlando Sentinel, o homem foi acordado por um forte barulho na madrugada de sábado para domingo (17) por volta de 1h30. Ao investigar a origem do som no lado de fora, o dono de casa viu um carro estacionado próximo à sua casa, pegou sua arma e foi até o local. Então, teria escutado um dos adolescentes perguntar “Você conseguiu alguma coisa?”.

Vamos nos colocar no lugar do cara, um americano típico, precavido. Uma e meia da manhã, barulho, carro estacionado. Esses três elementos não deixaram dúvida na cabeça do senhor, que imaginou uma situação de roubo e logo sacou a arma ordenando que os rapazes não se mexessem. No entanto, eles entraram no carro e partiram em direção ao homem, que se esquivou e disparou contra o carro. Os adolescentes não ficaram feridos, mas um dos pneus do carro estourou. O veículo ficou com alguns buracos de bala também. A investigação ainda está em andamento.

O fenômeno Pokémon Go: o que explica?

Polícia de Manchester já usa Pokémon Go para atrair fugitivos

Esse não é o primeiro nem será o último caso inusitado envolvendo a febre que está tomando conta de pessoas do mundo inteiro (e nós aqui do Brasil estamos só chupando o dedo). Já ouvimos diversos casos de assalto nos EUA e em outros pontos do planeta, mas a força policial também vai utilizar o app a seu favor. Lá em Manchester, as autoridades já fazem isso na tentativa de atrair fugitivos.

Como? Simples: publicam no Facebook que um Pokémon raro foi avistado nos arredores de uma determinada delegacia. Aí eles enviam um convite a uma lista de pessoas – informantes – que encaminham para os “sortudos” irem capturar. Esses “sortudos” são nada menos que fugitivos. Constam mais de 500 procurados pela polícia de Manchester.

O Sargento Eric Knight diz que nenhuma detenção foi efetuada até o momento, mas que a publicação foi “imensamente popular”, atingindo mais de 30 mil likes. E você, acha inteligente essa estratégia? Comente na seção destinada aos comentários, logo abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: