A Gigabyte já provou várias vezes que é especialista em produtos para gamers e continua inovando, trazendo novas tecnologias ao consumidor que busca estar sempre atualizado.

Recentemente, a companhia lançou uma nova série de peças para jogadores de alto nível: a Gaming G1. Esta nova família vem para provar que há espaço tanto para melhorias em design quanto em funcionalidade.

Nós já testamos uma placa-mãe para chips Intel, bem como placas de vídeo desta linha. Agora, a fabricante nos enviou uma placa para processadores AMD, uma versão com componentes mais robustos e novos recursos para garantir conectividade de ponta e performance elevada.

Considerando itens de hardware dedicados para a plataforma da AMD, a placa 990FX-Gaming G1 é uma das mais robustas que já passou por nossas mãos, sendo altamente recomendada para os jogadores entusiastas que buscam o que há de melhor no mercado.

Este modelo suporta os processadores mais recentes da AMD, o novo padrão USB (Type-C), espaço para múltiplas placas de vídeo (em configurações SLI e CrossFire), componentes da mais alta qualidade e um design avassalador. Vamos conferir todos os detalhes do produto.

Especificações

Visual impressionante

Nós testamos muitos produtos em nosso laboratório, incluindo placas das mais diversas marcas e para as mais variadas finalidades. Levando em conta isso, podemos dizer que poucas peças nos impressionaram tanto em questão de visual como a 990FX-Gaming G1.

O capricho que a Gigabyte teve na construção do produto é algo que merece ser enfatizado. Ela não chega a ser tão robusta quanto a Z170X da mesma série, mas ainda podemos considerar esta peça como pertencente ao segmento premium, umas vez que ela conta com design incrementado para consumidores mais exigentes.

Mesclando áreas com tons mais escuros e outras com revestimento na cor vermelha, esta placa chama atenção pelo visual mais dark. O dissipador na cor preta fica quase camuflado, mas o logotipo da série G1 está bem evidente. A aparência dela fica ainda mais atraente quando o computador é ligado e a iluminação na cor vermelha toma conta do gabinete.

O sistema de áudio da Realtek ganha destaque entre tantos componentes menores. O chip ALC1150 apresenta qualidade sonora de alta definição em múltiplos canais que entrega amplificação de até 115 dB. Obviamente, além do chip, esta placa conta com capacitores especiais para garantir sons mais nítidos sem problemas de ruídos ou chiados.

Até mesmo os slots PCI-Express, destinados à instalação das placas de vídeos, foram personalizados para a composição do layout. Em termos de visual, não há como negar que este componente é uma verdadeira obra de arte e merece ser instalado em um gabinete com janela de acrílico, afinal você vai querer mostrá-lo para todos os amigos.

Chipset AMD 990FX

Já faz alguns anos que a AMD não atualiza sua linha de chipsets para computadores de alto desempenho. Na prática, significa que temos uma placa-mãe que traz um componente já com cinco anos de mercado. Apesar de parecer defasado, o chipset instalado aqui não é pouca coisa, muito pelo contrário, ele está pronto para a jogatina.

Este item vem preparado para tirar proveito máximo dos processadores AMD FX mais recentes, graças ao sistema Hypertransport 3.0 (que garante comunicação em alta velocidade com largura de banda ampliada e baixa latência).

O chipset 990FX ainda é responsável por cuidar do gerenciamento de múltiplas placas de vídeo. Ele suporta até quatro placas em modo CrossFire e também é compatível com a tecnologia SLI. No caso desta placa da Gigabyte, é possível usar duas placas da NVIDIA ou três da AMD simultaneamente.

Armazenamento de alto desempenho

Considerando o foco do produto, não é de surpreender que a GIGABYTE tenha caprichado no número de portas SATA, possibilitando que o consumidor tenha alta capacidade de armazenamento e a melhor performance possível em combinações RAID.

De acordo com a fabricante, o SATA Express combina os benefícios do barramento PCI-Express e do padrão SATA, o que na prática significa maior largura de banda. De acordo com essa premissa, isso quer dizer que o SATA Express entrega melhor desempenho do que o SATA3.

Em teoria, dispositivos compatíveis com o padrão SATA 3 entregam largura de banda de até 6 Gb/s. Com o uso de componentes PCIe Gen2 x4 M.2, a GIGABYTE traz ao usuário a conectividade do PCI-Express para dispositivos SSD, entregando performance de até 20 Gb/s.

Placa de rede top de linha

Como o foco das placas Gaming G1 são o alto desempenho em jogos, a Gigabyte optou por incluir apenas peças da mais alta qualidade para que, além de obter performance absoluta, o jogador não precise realizar upgrades com componentes externos.

Conforme já havíamos conferido na placa para chips da Intel, a fabricante resolveu incluir os chips rede da linha Killer nessa família de produtos. A Gigabyte 990FX-Gaming G1 vem com o Killer E2200, dispositivo da Qualcomm Atheros, marca reconhecida por sua excelência no segmento.

As placas de rede da série Killer recebem este nome justamente por entregarem resultados “matadores” para jogadores que necessitam do mínimo de latência e o máximo de desempenho para ficar sempre em primeiro lugar. O modelo instalado nesta placa-mãe está entre os mais robustos do mercado, algo que vale a pena ser destacado.

Sistema Dual-BIOS

O sistema Dual-BIOS não é uma novidade exclusiva da 990FX-Gaming G1, mas é uma característica que merece ser ressaltada. Na verdade, as placas-mãe da linha Ultra Durable contam com o GIGABYTE DualBIOS, um sistema patenteado que garante proteção a um dos principais componentes do computador: a BIOS.

Com esta tecnologia, você não precisa se preocupar em casos de possíveis danos ao software da placa. Basta realizar uma restauraçãoda BIOS e aproveitar todas as funcionalidades do produto sem ter dores de cabeça.

Ainda no padrão DDR3

Todo mundo sabe que memória RAM é um componente importante em uma máquina para jogos, mas, considerando que esta placa ainda conta com um chipset antigo, já era de se esperar que ela não teria suporte ao novo padrão de memórias.

A 990FX-Gaming G1 tem quatro slots para memórias do tipo DDR3, sendo capaz de trabalhar com até 32 GB, ou seja, são quatro módulos de 8 GB cada. Ela usa arquitetura dual-channel, o que significa que o melhor desempenho do produto é apresentado quando as memórias são combinadas em pares.

Esta placa-mãe é compatível com componentes que já trabalham com overclock de fábrica. Pensando no jogador que pretende extrair o máximo de sua máquina gamer, a Gigabyte incluiu o suporte para componentes de altíssimo desempenho. Esta placa-mãe aceita memórias DDR3 com clock de até 2.000 MHz.

Múltiplas placas de vídeo para melhor performance

Em questão de performance gráfica, a Gigabyte preparou a 990FX-Gaming G1 para rodar múltiplas placas de vídeo. Esta placa-mãe traz três slots PCI-Express x16 para instalar modelos da NVIDIA em SLI ou AMD em modo CrossFire. De acordo com a fabricante, só é possível ligar duas placas em SLI ou até três placas em CrossFire.

Entretanto, é importante ressaltar que há um limite de espaço físico, de modo que somente modelos mais compactos (preferencialmente com coolers do tipo blower) podem ser instalados lado a lado. A GIGABYTE já envia uma ponte SLI, visando facilitar a vida de quem pretende ligar duas placas da NVIDIA.

É interessante ressaltar aqui o capricho nos slots PCI-Express. O revestimento metálico que a fabricante colocou aqui reforça os conectores PCIe que fornecem maior suporte para as placas gráficas mais pesadas. Vale salientar ainda que o revestimento também existe na parte interna, evitando interferências.

Controlador USB 3.1 e USB Type-C

É claro que uma placa top de linha como a Gigabyte 990FX-Gaming G1 não está completa sem os padrões mais recentes da indústria, por isso a fabricante incluiu o controlador USB 3.1 da ASMedia.

Esta placa-mãe fornece apenas uma porta USB Type-A e o inovador USB Type-C, o que significa que ela está entre os melhores modelos do mercado. É uma pena que, diferente da placa para chips Intel, esta versão para AMD não venha com o painel frontal, algo que facilitaria o uso dos novos componentes USB 3.1.

Vale a pena?

A GIGABYTE 990FX-Gaming G1 é uma das melhores placas focadas na plataforma da AMD que já passaram por nossas mãos. Ela oferece o que existe de mais robusto em termos de qualidade, incluindo componentes sólidos e preparados para situações de extremo consumo e desempenho, algo bem comum quando estamos falando de PCs para gamers.

Obviamente, como estamos falando de um chipset já defasado, a placa-mãe acaba tendo uma série de limitações quanto a outras tecnologias. Por conta do chipset e também dos processadores compatíveis, a 990FX-Gaming G1 ainda usa o padrão DDR3 de memória RAM, algo que é um pouco decepcionante.

Além dessa questão, é preciso ressaltar que, diferente do modelo para Intel, esta versão para AMD tem visual simples, não vem com WiFi de fábrica e traz apenas uma placa de rede. Não são características que vão prejudicar na hora da jogatina, mas certamente são alguns pontos que devem ser mencionados, uma vez que o consumidor sempre está em busca do melhor.

Apesar de alguns inconvenientes, a Gigabyte caprichou ao incluir armazenamento do tipo M.2, áudio de altíssima qualidade, chip de rede Killer e suporte para múltiplas placas de vídeo. Sendo assim, não há dúvidas de que ela é perfeita para os gamers entusiastas que pretendem abusar da performance.

De acordo com a informação que obtivemos com a Gigabyte, a 990FX-Gaming G1 deve chegar ao Brasil com valores próximos a R$ 1.000. Os processadores compatíveis com esta placa têm preços mais acessíveis, o que significa que o combo pode acabar valendo a pena para jogadores que pretendem focar na questão do custo-benefício.

Disponibilidade

A Gigabyte 990FX-Gaming G1 já foi lançada há alguns meses, mas os estoques no Brasil se esgotaram rapidamente. Nós entramos em contato com a empresa para saber detalhes quanto à disponibilidade e fomos informados que novos lotes devem chegar ao país em junho. Os preços devem ficar entre 900 e 1.000 reais, mas ajustes podem ocorrer de acordo com a variação do dólar.

Cupons de desconto TecMundo: