Mesmo com o lançamento das aguardadas GPUs das linhas Fury e Fury X, a AMD não parece capaz de reverter sua queda de popularidade no mercado. Uma pesquisa realizada pela Mercury Research mostra que a concorrente NVIDIA registrou um domínio de 82% do segmento de placas de vídeo durante o segundo trimestre fiscal de 2015.

Segundo a empresa, dados de abril deste ano indicavam que três entre cinco jogadores davam preferência à NVIDIA na hora de escolher um produto do tipo. Agora, já são quatro entre cinco pessoas que preferem deixar de lado os dispositivos produzidos pela AMD na hora de montar uma máquina ou fazer um upgrade.

Apesar de a linha Fury X registrar ganhos notáveis de banda de memória, ela ainda ficou atrás da GeForce GTX 980ti em matéria de desempenho. O relatório da Mercury não leva em consideração as vendas da nova linha e dos produtos de alto desempenho de ambas as empresas, mas mostra que a AMD está bastante atrás no segmento de GPUs com preços próximos a US$ 400, que constituem os maiores lucros das companhias da área.

Entre os fatores que permitiram à NVIDIA aumentar sua participação está a falta de lançamentos da AMD, que falhou em conquistar consumidores com suas placas com a arquitetura Tonga. Isso permitiu que produtos como a GTX 960 e a GTX 970 ganhassem espaço, reduzindo a participação da série Radeon a somente 18% do mercado.

Cupons de desconto TecMundo: