A Microsoft vem trabalhando pesado no desenvolvimento do DirectX 12, sugerindo que os gamers poderão ter resultados muito mais satisfatórios mesmo com placas de vídeo mais antigas.

Depois de anunciar a possibilidade de combinar diferentes GPUs (com chips AMD e NVIDIA numa mesma configuração), agora a companhia revela que a API do Windows 10 poderá aproveitar até mesmo os chips gráficos onboard na hora de rodar os jogos.

O novo recurso anunciado no blog do DirectX recebe o nome de Multiadapter, sendo esta uma novidade que poderá aproveitar todo o silício “adormecido”. A novidade é interessante para aqueles que já possuem uma placa de vídeo offboard e que veem o potencial do chip onboard desperdiçado.

A Microsoft publicou um comparativo entre uma máquina que usa apenas uma placa NVIDIA e outra que combina a mesma peça com o processador gráfico de um chip Intel. Aos seis segundos já é possível perceber que a configuração com Multiadapter já supera a concorrente e, no fim das contas, foi possível perceber um ganho de quase 4 frames por segundo.

Isso é bacana, mas, afinal, como funciona? De acordo com a postagem no blog do DirectX, o Multiadapter habilita cargas de trabalho, como o pós-processamento, separadas que podem ser executadas em paralelo em GPUs distinta. Deixando essa etapa para um segundo chip, o componente principal está pronto para começar a trabalhar em outro frame.

Analisando os resultados, a Microsoft concluiu que a novidade ainda está em fase inicial, tanto que somente 70% do poder do chip gráfico onboard foi aproveitado. Sendo assim, a equipe de desenvolvimento do DirectX 12 tem trabalho pela frente e poderá entregar resultados ainda mais impressionantes. Quem aí gostou da novidade?

Cupons de desconto TecMundo: