Placa Radeon R9 290X(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Com o aumento na popularidade de moedas digitais, a sua “mineração” se tornou algo de interesse para muitas pessoas. Para fazer essa mineração, computadores utilizam o poder de placas de vídeo para realizar o processamento necessário. Agora, surgem informações que peças da AMD tiveram um aumento considerável do seu preço por esse motivo.

De acordo com o site ExtremeTech, placas de vídeo da AMD, como a R9 290X, tiveram um aumento significativo com o aumento de mineração de moedas digitais, como Bitcoins e Dogecoins. A placa, que está praticamente indisponível em grandes lojas dos Estados Unidos, chegou a alcançar valores próximos a US$ 900 nos últimos meses.

Outros modelos, como a R9 270, também viram um aumento de procura e preço. A placa R9 280X, que custava próximo de US$ 300, está sendo vendida por US$ 489 em grandes lojistas americanos.

Tudo isso acontece devido ao desempenho de placas da AMD na mineração de moedas digitais, que consegue ser superior ao apresentado por placas da NVIDIA.  Existem rumores de que o aumento também seria um reflexo da AMD não conseguindo suprir os estoques, causando uma falta de peças para venda.

Agora, a AMD pode estar em uma situação difícil, já que o aumento nos preços de suas peças faz com que elas percam um de seus diferenciais contra equipamentos da NVIDIA: seu custo mais barato.

Até o momento, a AMD não se pronunciou sobre o assunto.

Cupons de desconto TecMundo: