(Fonte da imagem: Reprodução/PC Online)

Os apaixonados por placas de vídeo estão cada dia mais perto de conhecer os novos modelos preparados pela NVIDIA. Um desses equipamentos é a aceleradora GeForce GTX 750 Ti, que deve ser apresentada já no próximo mês — talvez junto com o anúncio do lançamento dos novos processadores gráficos Maxwell, que podem contar com processos de apenas 20 nanômetros. Mas o que esperar dessa placa de vídeo?

Segundo as informações mais recentes, a GTX 750 Ti não será a opção mais avançada do mercado — seguindo os passos de versões anteriores da linha Ti, o novo modelo deve ter alguns recursos cortados para ficar mais acessível. E o vazamento de uma tela do GPU-z mostra que isso realmente pode acontecer, pois a 750 Ti deve ter o desempenho um pouco mais fraco que o da GTX 650 Ti Boost.

Como mostra a imagem publicada peço site PC Online, a nova placa GTX 750 Ti deve contar com processador Maxwell com clock de 1.098 MHz, podendo chegar aos 1.176 MHz em modos mais avançados. Além disso, ela ainda contará com 2 GB de memória GDDR5, mas com interface de apenas 128 bits — tendo 86,4 GB/s como largura de banda.  Vale dizer que o modelo deve ser um preparativo para a nova série GTX 800.

É claro que ainda podem ser reveladas diversas alterações relacionadas ao componente, mas é difícil que a placa de vídeo da NVIDIA fuja muito do que já vem sendo cogitado. Se ela vai conseguir o sucesso no mercado, só saberemos quando a NVIDIA revelar quais serão os valores cobrados por cada placa. Lembrando que ela pode ser inferior a alguns modelos já no mercado, é preciso que o valor dela seja mais baixo para que não vejamos um fracasso nas lojas.

Cupons de desconto TecMundo: