O ano de 2009 representou para o mundo do cinema a afirmação da tecnologia 3D. Mais do que um adereço divertido em produções de alto orçamento, o filme Avatar, de James Cameron, pela primeira vez utilizou os elementos em terceira dimensão como uma linguagem, algo relevante para a própria narrativa da produção.

A nova tecnologia, deve chegar com tudo ao mercado em 2010, graças à inclusão do 3D em aparelhos de TV, Blu-rays e, é claro monitores. Enquanto Hollywood ainda prepara especificações para reprodução de mídias e transmissões nessa modalidade, o mundo dos games sai na frente e já disponibiliza uma série de jogos em que é possível jogar em três dimensões.

Para extrair o máximo dessa novidade, no entanto, você precisa de um monitor 3D. Os primeiros modelos estão disponíveis no mercado norte-americano e alguns já se encontram à venda no Brasil. É hora de conhecer um pouco mais sobre eles e descobrir por que você ainda vai ter um monitor 3D em sua mesa.

O futuro em três dimensões.

Prepare-se para o 3D

A NVIDIA saiu na frente na conquista do ainda inexplorado mercado da tecnologia 3D. Os óculos 3D Vision, lançados em 2009, somados a uma placa de vídeo compatível, da série GeForce 8 ou superior, permitem que usuário tenha aumentada a profundidade de campo das imagens exibidas.

Com isso funciona? É simples. Quando um game compatível com o formato 3D entra em ação, um emissor infravermelho de alta potência transmite dados diretamente para os óculos 3D. As lentes deles, por sua vez, captam essas mensagens e ajustam a frequência de imagem emitida por um monitor especial.

Para que isso seja possível, é claro, sua máquina deve ter uma placa de vídeo compatível – já que a ação exige uma alta capacidade de processamento – bem como devem estar instalados nela todos os softwares necessários para essas conversões de imagem. Para saber se o seu computador é compatível você pode usar uma ferramenta da NVIDIA disponível neste link. O custo do kit 3D Vision gira em torno de US$ 200.

Quem ainda não se manifestou quanto ao assunto deixando uma série de dúvidas no ar foi a ATI, concorrente direta da NVIDIA. No lançamento do 3D Vision esperava-se que a ATI viria com uma resposta imediata ao novo formato. No entanto, mais de um ano depois, a empresa ainda não apresentou nenhuma novidade do gênero no mercado.

Monitores 3D

Primeiro vamos à boa notícia: já existem jogos com suporte para o formato 3D e pelo menos dois modelos de monitores disponíveis no Brasil. A Samsung foi a prioneira e aportou no país com o SyncMaster 2233RZ.

O modelo da empresa permite ao usuário – desde que ele tenha um par de óculos NVIDIA GeForce 3D Vision e uma placa de vídeo compatível - transformar centenas de jogos para PC para o formato 3D estereoscópico.

Com 22 polegadas o modelo tem frequência de 120 Hz – atua com 60 Hz em imagens 3D -, contraste dinâmico de 20.000:1, tempo de resposta de 3 ms e resolução de tela 1680x1050 pixels. O último quesito é o seu ponto fraco, uma vez que a tela não é Full HD. A faixa de preço do produto gira em torno de R$ 800 a R$ 1000.

Modelo de monitor 3D da ACER.

Outro modelo que já está disponível no Brasil é o Hyundai iT W220S. Com uma configuração similar ao modelo da Samsung este produto, no entanto foi encontrado pelo Baixaki ao preço médio de R$ 4800.

Se no Brasil a era Full HD dos monitores 3D ainda é um sonho, nas lojas dos EUA ela já se tornou realidade. O destaque fica por conta do monitor OptX AW2310 da Alienware, empresa responsável pela produção de alguns do maiores sonhos de consumo dos gamers.

O modelo tem 23 polegadas, tempo de resposta de 3ms e frequência de 120 Hz. Nos EUA o preço do produto gira em torno de US$ 450 e US$ 500. Vale lembrar que o valor se refere apenas à tela, não estando incluído kit NVIDIA GeForce 3D Vision.

Outra marca que já deu as caras no mercado foi a ACER, com o modelo GD235HZ. Com tela de 23.5 polegadas e resolução Full HD o produto chega às lojas da terra do Tio Sam pelo preço médio de US$ 400, também sem o kit NVIDIA incluso.

Durante a CES 2010, realizada no mês de janeiro, diversas empresas anunciaram o lançamento das suas versões no mercado. LG, Philips e Toshiba devem lançar seus produtos nas lojas norte-americanas ainda no primeiro semestre. No Brasil eles devem começar a chegar aos poucos a partir do final de 2010.

Quantidade de jogos

De nada adianta um hardware poderoso e todos os equipamentos necessários disponíveis se não houver aplicativos, ou nesse caso especial jogos compatíveis com o mais novo formato. Felizmente a indústria de games antecipou a tendência e, mesmo dando os primeiros passos no mercado do 3D já existe um número considerável de jogos disponíveis.

É bem verdade que nenhum deles foi desenvolvido especificamente para esse fim. A tecnologia 3D aplicada a eles é adaptada e os efeitos ainda são simples, ao menos se comparados com o que você já pode ter visto na tela do cinema.

No entanto eles são suficientes, pelo menos no momento, para causar uma boa impressão, aumentando a experiência de imersão do usuário no game e proporcionando uma espécie de diversão inédita, muita mais realista e desafiadora.

Prepare-se para ser atacado por zumbis em três dimensões.

O grande segredo reside no aumento da profundidade de campo. Com isso os elementos de uma imagem que estão focados em um primeiro plano tendem a parecer mais próximos. Da mesma forma, itens secundários de plano de fundo geralmente aparecem mais longe, dando a sensação de profundidade.

Títulos como Resident Evil 5, James Cameron’s Avatar – The Game e Batman – Arkhan Asylum são apenas alguns entre mais do que uma dezena de jogos disponíveis nesse novo formato. Para o segundo semestre uma nova atração deve ser os filmes em 3D, que serão lançados em Blu-ray.

Vale a pena ter um desses?

Talvez um monitor 3D ainda não esteja no topo da sua lista desejos, mas pode apostar que muito em breve ele vai começar a ganhar destaque entre os produtos que você planeja comprar. As opções disponíveis no Brasil, infelizmente, ainda não são Full HD.

É verdade que você pode importar um dos modelos top de linha norte-americanos, mas incluindo impostos e frete é provável que você vá pagar bem mais caro pelo produto, pelo menos por enquanto.

Se você está planejando trocar de PC ou mesmo fazer um upgrade em sua máquina, considere já a compra de uma placa de vídeo compatível com o 3D Vision. Esse é o primeiro passo antes da compra de um monitor dessa geração.

O número de títulos vai aumentar gradativamente e quanto a isso não há com que se preocupar. Se você ainda tem alguma dúvida quanto ao fato de o 3D ser uma moda passageira ou não, aguarde até o próximo semestre.

Modelo da Samsung ainda é a melhor opção à venda no Brasil.

É nos últimos seis meses de 2010 que você ouvirá falar, e muito, sobre o novo formato, com o lançamento de aparelhos de Blu-ray, televisores e os primeiros discos de Blu-ray em 3D. O preço, é claro, deve cair e até lá as telas Full HD já devem estar disponíveis no Brasil.

É fã de games e gosta de estar antenado com as últimas novidades? Não tenha dúvida, a nova tecnologia vale cada centavo e vai lhe proporcionar uma experiência única até então em se tratando de entretenimento.

Se o seu computador já está preparado com uma placa de vídeo potente, considere sim a ideia de adquirir um monitor e, é claro, o kit 3D Vision – sem ele não há o menor sentido comprar um produto do gênero, pelo menos no momento. Caso contrário o melhor a fazer é aguardar, já que os próximos meses prometem ser repletos de novidades e lançamentos no segmento.

Os monitores 3D já estão na sua lista de desejos? Você acredita que eles se tornarão populares em breve? Participe deixando o seu comentário no espaço abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: