Durante todo o mês de novembro a internet foi bombardeada com rumores e possíveis fotos da placa Radeon HD 5970. Isso ocorreu porque a AMD anunciou que lançaria sua nova placa neste mês, a qual deveria ser a mais poderosa de todos os tempos. A curiosidade de todos os gamers, entusiastas e usuários interessados em placas de vídeo foi muito grande.

Todos esperavam que a AMD lançasse uma placa de dois núcleos, a qual deveria receber o nome de Radeon HD 5870 X2 — assim como ocorreu com a série HD 4000 da ATI. E este realmente era o plano da fabricante, contudo a companhia decidiu modificar o nome da placa para que não houvesse confusões, nomeando assim a nova placa como HD 5970.

Devido ao recente lançamento desta placa, o Baixaki decidiu criar um artigo para comentar e mostrar todas as características e o real potencial da nova placa da AMD ATI. Vale salientar que não abordamos detalhes muito técnicos neste artigo, pois visamos compartilhar a informação com uma gama maior de usuários.

A monstrinha

Por ser uma placa de alta potência, a HD5970 necessita de muita ventilação e um sistema eficiente de dissipação. A placa divulgada no site da AMD parece ser enorme (como você pode ver na imagem abaixo). Apesar do tamanho, o novo dispositivo da ATI tem um visual fantástico, que esconde perfeitamente o chip gráfico e as peças internas.

Hardware e visual combinam

Especificações

Quando a AMD lançou a primeira placa com DirectX 11, todos ficaram boquiabertos com o incrível desempenho dela. Entretanto, a Radeon HD5870 não mostrava ser mais potente do que a GTX 295 da NVIDIA — fator um tanto decepcionante para muitos. Pensando nisso, a AMD investiu na criação da ATI Radeon HD5970, a qual se tornou a placa mais poderosa de todos os tempos (considere apenas os modelos domésticos). Abaixo disponibilizamos uma imagem com as especificações da nova placa.

Comparação entre a nova Radeon  HD5970 e suas antecessoras

Como é possível observar na tabela, a velocidade dos processadores da HD5970 não é exatamente a mesma do chip gráfico da ATI Radeon HD5870. Na realidade, ao visualizar a tabela acima se tem a impressão de que a 5970 traz dois chips iguais ao da HD5850. Entretanto a Radeon HD5970 tem mais unidades de processamento de fluxo (3200 para ser mais exato) que sua antecessora — que tinha apenas 1600 unidades — e o dobro de memória RAM.

A utilização de 2 GB (gigabytes) de memória RAM, do tipo GDDR5, operando na frequência de 1 GHz (gigahertz) mostra que esta placa está pronta para encarar qualquer tipo de gráfico. O consumo de energia é razoável e mostra que a AMD programou esta placa de uma forma muito eficiente, para que ela não seja uma grande consumidora de energia.

DirectX 11

Como já era de se esperar, a AMD ATI Radeon HD5970 tem um desempenho fantástico em qualquer versão de DirectX. Com a vantagem de suporte total para o DirectX 11, a placa deve ser ideal para jogos atuais e os novos games que requisitarão a nova versão da API da Microsoft. Confira um vídeo que mostra um usuário rodando o Unigine Heaven Benchmark em sua AMD ATI Radeon HD5970:

Shader Model 5

Com a implementação do DirectX 11, automaticamente a AMD incluiu a nova versão do Shader Model na HD5970. Os jogos que utilizam a quinta versão do SM possuem um nível de realismo impressionante, pois os pixels são processados separadamente e com cálculos de alta precisão. Claro que o Shader Model 5 não é uma exclusividade da 5970, sendo que sua antecessora já possuía tal tecnologia. Abaixo temos mais um vídeo que mostra a Radeon HD 5970 executando o recente Call of Duty: Modern Warfare 2.

OpenGL 3.2

Assim como a AMD introduziu o suporte para nova versão do DirectX, a fabricante aproveitou para adicionar as instruções de processamento para que a HD5970 possa trabalhar com a nova versão do OpenGL. A versão 3.2 desta API gratuita para desenvolvimento de jogos trará muitas novidades e claro, jogadores que tiverem uma Radeon HD5970 poderão desfrutar dos mais belos gráficos que o OpenGL fornecer. Veja uma demonstração técnica do OpenGL 3.2 em ação: