A indústria de games torna-se cada vez mais uma empreitada muito lucrativa, com o crescimento de popularidade dos consoles de última geração e o aumento da qualidade de produção de jogos. O Xbox 360 e o Playstation 3, que custavam mais de R$3,000, ao serem lançados, hoje podem ser encontrados por preços mais acessíveis. Porém, não é só nos consoles que a produção de games se focaliza.

O mercado de games para PC também é bastante competitivo e, mesmo sendo provavelmente o maior alvo para pirataria, permanece sendo a preferência de milhares de jogadores ao redor do mundo, não apenas por causa da incrível gama de títulos disponíveis, mas também devido a outros fatores, que vão da jogabilidade aos gráficos. O preço de hardware de qualidade, que possa rodar os últimos lançamentos, é equivalente ao custo de um console de última geração, mas as vantagens específicas de um PC de qualidade ainda atraem muitos jogadores.

VISUALPCs vencem os consoles facilmente na briga por gráficos melhores.

O hardware de melhor qualidade disponível para PCs supera muito as capacidades máximas dos componentes de consoles de última geração. Isso garante que os desenvolvedores de games não precisam adotar as mesmas limitações que são essenciais no desenvolvimento de um jogo para videogames. Além disso, as capacidades exigidas por um jogo de PC podem até mesmo ultrapassar o que é disponibilizado pela indústria de hardware.

Esse exagero nos requisitos não é necessariamente problemático a longo prazo, pois vai cativar jogadores a retirar o máximo possível de seu equipamento e, eventualmente, adquirir componentes novos. Isso garante que, além da indústria de games, o mercado de hardware também será afetado por este tipo de desenvolvimento. Crysis, por exemplo, é um jogo que ultrapassava em seus requisitos a maior parte do hardware disponível, e se tornou uma lenda entre fãs de otimização de computadores.

Porém, o fato mais importante relativo a esta qualidade de hardware é o fato de que jogos de PC são tecnicamente mais desenvolvidos, e trazem gráficos e efeitos sonoros de uma qualidade muito mais alta do que a dos consoles. Com uma placa de vídeo de última geração e uma boa placa de som, o visual e o som de um game podem ser melhorados de uma maneira impressionante, em relação aos videogames.

JOGABILIDADE

Ainda utilizando Crysis como exemplo, podemos observar a qualidade superior nos computadores no que diz respeito à jogabilidade de certos games. É um fato inegável que é muito mais fácil mirar uma metralhadora em um jogo de tiro em primeira pessoa usando o mouse. Além disso, a separação mais pronunciada entre o controle da câmera e o movimento do corpo do personagem dá mais agilidade ao jogador, criando um ambiente mais competitivo em partidas online.

Jogos de estratégia são o maior exemplo da vantagem que um mouse e um teclado proporcionam para o jogador de PC. É um caos completo selecionar diversas unidades de combate em um jogo de estratégia em tempo real, caso você esteja usando um joystick. Com o mouse, o processo é tão intuitivo quanto selecionar vários ícones na área de trabalho. Sem contar com os atalhos para comandos e seleções proporcionados pelo teclado.

Um exemplo de joystick para PC.Por outro lado, os joysticks dos consoles de última geração têm uma sensibilidade a pressão que não existe em um teclado normal. Então, muito embora o mouse permita um controle de câmera preciso e intuitivo, o teclado não é uma boa opção quando ajustes finos de posicionamento físico do personagem é uma necessidade. Jogos de corrida ou simuladores de vôo perdem muito em qualidade ao serem jogados em teclado e mouse.

Portanto, por que será que toda a série Flight Simulator, da Microsoft, foi feita para PC? Porque, assim como o teclado é terrível para este tipo de controle, os computadores também apresentam a maior gama de acessórios extras, como joysticks, manches e volantes, que facilitam a vida dos jogadores. Além disso, os controles de consoles modernos podem ser facilmente reconhecidos por um PC, eliminando este tipo de problema por completo.

PERSONALIZÁVEL

Outro fator muito importante para a preferência de alguns jogadores pelos PCs é o fato de que os jogos são muito mais personalizáveis do que os que são produzidos para videogames. Este grau de personalização vai desde a possibilidade de escolher a resolução visual do jogo, a aplicação de anti-aliasing e filtragem anisotrópica, até mesmo a modificações produzidas por usuários, que alteram por completo o jogo original.

A quantidade de mapas produzidos por fãs de games de PC não é pequena. Grandes comunidades de modders se juntam para produzir novos desafios para seus jogos favoritos, e este dinamismo aumenta muito a longevidade de um game para computador. Raramente um jogo de console tem algum tipo de ferramenta de edição de mapas ou até mesmo a possibilidade de adquirir novos estágios via internet.

PREÇO CAMARADA

Um computador de última geração, com todo o melhor equipamento disponível no mercado e um monitor bem grande deve ultrapassar facilmente os R$6000,00. Isso é muito dinheiro, mas garante o funcionamento perfeito de qualquer jogo deste ano e talvez dos próximos dois anos. Com R$3000,00, é possível montar um computador que, mesmo não sendo top de linha, vai rodar tranquilamente as melhores opções da atualidade.

Comparativamente, o equivalente ao melhor PC do mercado seria um videogame de última geração com uma televisão enorme, de alta definição. Provavelmente, com o dinheiro que você compraria esta televisão e o console, seria possível montar um computador top de linha. Tudo isso sem contar com o que vem depois: um jogo para PC custa entre R$90,00 e R$120,00, enquanto games para console, ao serem lançados, podem facilmente ultrapassar R$200,00.

Um pc para Jogos.OUTROS FATORES

Você já fez um trabalho acadêmico em seu Playstation 3? Já entrou no Youtube em seu Xbox 360? PCs vão além de videogames, pois trazem infinitas possibilidades para os usuários. Tudo isso sem contar com as possibilidades de emulação: é muito fácil adquirir um emulador de Super Nintendo ou Mega Drive e matar a saudade dos velhos tempos de videogames mais simples, sem ter que comprar um console a mais.

Uma desvantagem grande a ser considerada é o fato de que a indústria de games para PC sofre cada vez mais com a facilidade de piratear jogos, e um efeito colateral é que os jogadores também começam a sofrer com as políticas de proteção de direitos autorais cada vez mais fascistas e intrometidas utilizadas pelos desenvolvedores.

É indiscutível que, para os usuários, os PCs têm diversas vantagens. Cabe a cada um decidir realmente o que se enquadra melhor em seus gostos, e pode ser que algumas dessas qualidades dos computadores não interessem a alguns jogadores. O fato é que, mesmo com os excelentes consoles disponíveis atualmente, os adeptos de jogos para PC não precisam se preocupar: sua plataforma é bastante competitiva.

Cupons de desconto TecMundo: