(Fonte da imagem: Reprodução/Denuncie Pirataria)

Autoridades policiais de diversas cidades do Brasil vêm conduzindo forte ação de combate à pirataria, realizando operações de busca e apreensão em revendas suspeitas de comercializarem software pirata.

Com o apoio logístico da Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES), que mantém um portal de Denúncias Anônimas de Pirataria de Software em parceria com a BSA (The Software Alliance), já foram realizadas, só no mês de março, ações nos estados do Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

As cidades contempladas até o momento foram: Curitiba, Caxias do Sul, Gramado, Taquara, Pelotas, Rio de Janeiro e Ribeirão Preto. No total, as autoridades abordaram 25 revendas suspeitas de comercializar softwares piratas, com apreensões que ultrapassam 550 mídias suspeitas de conter programas de computador sem licença, além de pendrives, discos rígidos e seriais para ativação de softwares.

“O novo portal de denúncias anônimas vem apoiando as investigações da polícia, que têm buscado reprimir a propagação dessas cópias ilícitas entre comerciantes, fazendo busca e apreensão de qualquer quantidade, seja de uma mídia ou mil”, afirma Rodrigo Paiva, coordenador do Comitê da Propriedade Intelectual da ABES.

Cupons de desconto TecMundo: