(Fonte da imagem: iStock)

Desde o início da semana, uma parceria entre os provedores de internet americanos e as companhias de mídia e entretenimento está fazendo valer o Copyright Alert System. O novo sistema de combate à pirataria permite que as empresas punam os usuários acusados de repetidas violações de direitos autorais com medidas que vão de alertas no navegador até a suspensão completa do acesso.

Cada empresa está livre para decidir o tipo de sanção a ser utilizada e todas são obrigadas a ter um canal aberto e acessível pelo qual os usuários acusados podem refutar as alegações de downloads ilegais. As punições são aplicadas quando seis violações seguidas são identificadas, no que está sendo chamada de "Lei dos Seis Strikes".

A Verizon, por exemplo, afirma que vai reduzir a velocidade contratada por alguns dias, mas não sem antes emitir uma série de alertas no navegador. Já companhias como a Time Warner e a Comcast adotarão medidas mais educativas, nos quais vídeos institucionais serão exibidos. O acesso à internet também pode ser bloqueado até que o assinante entre em contato para conversar com representantes sobre como consumir conteúdo de forma legal na internet.

A Cablevision é a única que adotou publicamente a medida extrema de suspender totalmente o acesso à internet no caso de seis violações identificadas. Por enquanto, as medidas são válidas apenas para os Estados Unidos e estão enfrentando dura oposição de internautas e organizações dedicadas à defesa da liberdade na internet.

Cupons de desconto TecMundo: