(Fonte da imagem: iStock)

A história é antiga e todo mundo já deve estar careca de saber: pessoas compartilham música gratuitamente na internet são vistas como piratas e acabam sendo perseguidas por grandes gravadoras e estúdios de cinema. Agora, surge um estudo que mostra que esse grupo compra mais músicas do que quem nunca baixou músicas na internet.

Um estudo feito pela American Assembly comprovou que pessoas que compartilham arquivos pela internet, em média, compram 30% mais músicas que aqueles que não se dão ao trabalho de baixar algo na rede.

O estudo também revelou que o maior número de cópias e pirataria de conteúdo acontece offline, ao contrário do que se acreditava, de que o maior mal estava na internet.

Quem baixa muito acaba comprando muito

A pesquisa, feita através do telefone com milhares de pessoas, identificou que a maioria das pessoas que compartilham arquivos na internet conta com uma grande biblioteca de músicas e filmes. Por consumirem muitas mídias, elas acabam se interessando em comprar algo depois de ter conhecido o artista ou filme em redes de compartilhamento de dados.

Basicamente, as pessoas baixam músicas de várias bandas e acabam adquirindo discos e DVDs daquelas que acabam gostando mais, movimentando a indústria.

.....

O que você acha de tudo isso? Concorda com o estudo ou acha que isso é conversa fiada daqueles que baixam música pela internet?

Fonte: American Assembly e Torrent Freak

Cupons de desconto TecMundo: