O Tecmundo noticiou ontem (20) o interesse do Pirate Bay em colocar máquinas em estações voadoras como forma de fugir dos problemas relacionados às leis. Porém, o que era para ser apenas uma ideia, ainda sem previsão de desenvolvimento, já encontrou projetistas interessados.

Liam Young, cofundador da Tomorrow’s Thoughts Today, afirmou que já trabalha na construção de uma tecnologia similar. A infraestrutura desenvolvida por ele permitiu programar drones para transmitir a sua própria rede Wi-Fi. O sistema permitiria o compartilhamento de dados por meio de pequenos aviões, ao custo de US$ 1,5 mil cada.

O Pirate Bay ainda não se manifestou sobre a novidade, mas é possível que em vez de começar a desenvolver um equipamento do zero, a empresa possa utilizar a tecnologia já existente e que, supreendentemente, já está em fase de testes.

Cupons de desconto TecMundo: