(Fonte da imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Hoje, nós temos duas opções muito simples de adquirir filmes legalmente: comprando os discos físicos ou as cópias digitais por lojas virtuais. Mas é fato que a pirataria é muito mais acionada do que os meios legais, em vários casos. Pensando nisso, a Warner trouxe uma ideia para os consumidores – o problema é que ela não é uma das melhores.

Segundo Kevin Tsujihara (presidente do Warner Bros. Home Entertainment Group), a empresa está iniciando um novo método de legalizar as cópias digitais. Você pode até pensar em “vendas diretas por um servidor próprio”, mas isso seria simples demais. 

A Warner quer que os consumidores peguem os DVDs que já compraram anteriormente, vão até lojas autorizadas e paguem novamente por uma cópia digital. Depois de algum tempo, lojas como a Amazon enviam emails com códigos para o download dos filmes que a pessoa já tem.

O site DVICE foi bem enfático ao dizer o quanto essa ideia é estranha. E a verdade é que ela é mesmo. A menos que exista uma lógica muito avançada envolvida, nós não conseguimos entender por que é que alguém que deseja um processo de uma etapa (cópia digital pela internet) ficaria satisfeito com cinco passos (comprar disco, ir a outra loja, pagar novamente, esperar um link e fazer o download).

Cupons de desconto TecMundo: