Representantes de mecanismos de pesquisa e entidades representativas de detentores de direitos autorais assinaram um acordo histórico na última segunda-feira (20). A iniciativa, que afeta o Reino Unido, prevê a criação de um código voluntário de conduta cujo objetivo é tirar o poder de links que levem a sites que contém conteúdos pirateados.

A intenção da iniciativa é acelerar o processo de demoção de páginas que violam direitos autorais e estabelecer práticas de consultoria técnica. Outros objetivos incluem aumentar a cooperação e o compartilhamento de informações de forma a permitir que novas práticas de combate à pirataria sejam criadas.

A iniciativa também prevê a promoção de sites que disponibilizam conteúdos legítimos

Entre as empresas que aceitaram participar do acordo estão a Google e a Microsoft, responsáveis por dois dos maiores sistemas de busca da atualidade. “Essa iniciativa é algo inédito no mundo. Estamos gratos pelo suporte do governo do Reino Unido para esse código e pela iniciativa ‘Get It Right’ que encoraja os fãs a apoiar os artistas que eles amam”, afirmou Geoff Taylor, chefe executivo da BPI e do BRIT Awards.

A iniciativa também prevê a promoção de sites que disponibilizam conteúdos legítimos, evitando que consumidores sejam enganados por falsários. Isso também deve ajudar a proteger usuários de malwares e vírus que se disfarçam como conteúdos originais para infectar computadores, smartphones e tablets.

Cupons de desconto TecMundo: