Conhecido durante certo tempo como um sistema antipirataria “inviolável”, o Denuvo aos poucos começa a ceder ao trabalho de hackers. Se a solução conseguiu impedir durante 193 dias a divulgação de cópias ilegais de Rise of the Tomb Raider, foram necessárias somente seis semanas para que Inside — que também usa o sistema — cair em sites de torrents.

Segundo o site Torrent Freak, essa marca a segunda vez em questão de poucas semanas que um jogo protegido pela tecnologia ganha uma versão pirata. Entre os lançamentos recentes que usam o método está Deus Ex: Mankind Divided que, até o momento, ainda não tem versões “alternativas” circulando pela internet.

Caso a proteção do game da Square Enix seja quebrada em um intervalo de tempo semelhante ao de Inside, isso pode significar que uma das melhores soluções da indústria não é tão impenetrável quanto acreditávamos. Vale notar que, caso a versão atual do Denuvo seja quebrada, deve ser só questão de tempo até que seus desenvolvedores criem um software atualizado e melhor “blindado”, dando um novo início à batalha eterna entre produtores de conteúdos e adeptos da pirataria.

Cupons de desconto TecMundo: