(Fonte da imagem: Reprodução/Venture Beat)

Pinfluencer é uma plataforma de marketing para o Pinterest. Recentemente, ela divulgou um relatório impressionante: 50 marcas, incluindo Gilt, Martha Stewart e Shape Magazine, lançaram promoções através da sua plataforma em outubro deste ano e conseguiram ampliar a taxa de adesão de novos seguidores para 156%, ao mesmo tempo em que o número de “pins” por dia subiu 125%.

Enquanto isso, o Facebook vem se atrapalhando com a publicidade e perdendo anunciantes de peso, como foi o caso da GM no início do ano, que abandonou a plataforma por acreditar que o investimento era muito alto em troca do retorno limitado oferecido pela rede social.

Quatro formas de destacar os produtos

Segundo Sharad Verma, chefe-executivo do Pinfluencer, existem quatro tipos de promoções possíveis dentro da sua plataforma: a primeira é chamando os usuários para vir até o seu site e “pinar” produtos que eles tenham gostado; a segunda é criando quadros e adicionando “pins”, pedindo aos usuários que reorganizem o conteúdo; a terceira é fazendo uma caça ao tesouro; e a quarta é lançando promoções diárias para os usuários que “pinarem” os seus conteúdos.

Ainda de acordo com Verma, essas ferramentas, quando utilizadas adequadamente, ajudam a pulverizar mais os produtos das empresas, sem forçar os usuários a nada. Com isso, os itens ganham mais visibilidade e, consequentemente, mais vendas.

O Facebook não ficou de fora da plataforma

Para as marcas que já investiram pesado em publicidade no Facebook e não querem abrir mão de suas campanhas e “curtidas”, é possível combinar a plataforma do Pinfluencer com a rede social: “É possível lançar promoções no Facebook através de uma aba dentro do Pinfluencer e transformar os fãs em ávidos usuários do Pinterest”, disse Verma.

Cupons de desconto TecMundo: