Interação entre computadores e seres humanos já é um assunto bem comentado. Quem não se lembra da repercussão do jogo entre Kasparov e seu companheiro Deep Blue lá pelos anos 90, quando a máquina finalmente venceu o homem em uma competição de xadrez?

Um longo caminho se percorreu desde aquela época até os dias atuais, e agora os computadores são capazes de coisas que ninguém imaginava a 10 anos. Porém, a interação entre seres humanos não se mostra tal qual a relação entre homem e máquina.

A troca de informações entre seres humanos se dá através de uma interação inteligente e subjetiva, pela fala, gestos e mudanças no rosto. Quem interage com você percebe as mudanças que ocorrem fisicamente e as associam ao seu estado de espírito.

Já o computador não consegue interagir da mesma forma: as emoções são consideradas de pouca relevância. Expressões faciais não são processadas e analisadas pelo sistema, algo tão trivial de ser decifrado por seres humanos. Bom, pelo menos não eram...

Reconhecimento Facial

Biometria e a impressão digital

Os programas de reconhecimento facial têm como base a chamada Biometria. Quem conhece a conversa que “cada impressão digital é única” já está familiarizado com o conceito principal da Biometria. Nesta linha, cada ser humano conta com características biológicas únicas que os diferencia de todos os outros seres humanos.

Além de rostos, é possível reconhecer alguém pelo escaneamento das retinas, pelas já citadas impressões digitais e por identificação da voz. No caso da face, os sistemas podem mudar, mas a captura do rosto e a análise deste em comparação à imagens armazenadas em um banco de dados não se modifica.

O reconhecimento facial é uma tecnologia já extremamente próxima dos usuários e pode ser vista em vários lugares. Quem usa o Orkut percebeu que a rede social agora reconhece rostos em suas imagens. Tudo bem que após reconhecer que existem rostos ali o sistema não toma nenhuma providência. Mas reconhece, de qualquer forma.

No Picasa 3.5 também é possível reconhecer os rostos de cada um dos seus amigos para organizar melhor suas imagens. Além disso, é possível abrir imagens que tenham a mesma pessoa, o que otimiza o processo de encontrar fotografias específicas.

Organize as fotografias dos seus amigos

Atualmente, o que se vê é um tipo de avanço tecnológico que alia o reconhecimento de faces específicas à analise do conjunto de ações que o  rosto produz. Ou até mesmo a emoção contida na voz é reconhecida. Veja a seguir duas inovações que seguem esta linha, e querem fazer com que o aparelho tecnológico saiba o seu estado de espírito.

A feição diz tudo

Em 2008, estudiosos da Universidade Politécnica de Madrid desenvolveram um algoritmo que processa até 30 imagens por segundo, e os classifica em seis categorias específicas de humor: sur (surpresa), fear (medo), joy (alegria), sad (tristeza), disg (nojo) e ang (raiva).

Para isso o programa divide o rosto em vários quadrados e triângulos, que os comparam com cada uma das partes correspondentes na base de dados. Estes dados mostram cada um dos estados de espírito da pessoa de forma que, quando você a feição se transforma, o programa monta essas partes e percebe que tipo de emoção você expressa com o rosto.

Em seu primeiro teste, o algoritmo operou com um sucesso de 89%. Ele pode ser usado com a face em diversas posições, contanto que o usuário olhe para a câmera. O programa opera mesmo sem condições ideais de iluminação e mostra ao usuário um gráfico com as combinações de emoções, para que se tirem conclusões em estudos mais específicos.

Programa em operação pelos estudiosos de Madrid

Já nos Estados Unidos, mais precisamente em Tampa durante o Super Bowl, autoridades locais utilizaram um sistema chamado Facelt, que conseguia capturar rostos na multidão que entrava para assistir ao jogo. Este programa foi testado pelos policiais durante um ano, e serviu para comparar os rostos a um enorme banco de dados. Porém, ninguém foi detido com o uso desse serviço.

A Visionics, criadora da tecnologia, explica que os rostos são “gravados” através de pontos nodais, ou seja, características como distância entre olhos, comprimento do nariz, entre outros. Voltamos a perceber a forte influência da Biometria e como ela ajuda à tecnologia.

Já em Amsterdam, um software desenvolvido pela Universidade de Illinois foi usado para estudar a expressão da Mona Lisa, o quadro de Leonardo da Vinci que causa polêmica até nos dias atuais, devido à sua expressão que representa uma incógnita.

La Gioconda e seu rosto enigmático

Através de fotografias da pintura e de projeções em 3D, foi constatado que a expressão da Mona Lisa é 89% feliz, 9% enojada, 6% assustada e 2% brava. Uma salada de sentimentos, não é? Não é à toa que ela causa tantas discussões.

Os testes também analisaram George W. Bush em um dos discursos sobre a guerra do Iraque, e constataram que o ex-presidente americano demonstrava surpresa, medo e infelicidade durante sua fala.

O reconhecimento facial pode ser usado para diversas atividades nos campos do conhecimento. Isso faz com que se abra um leque de possibilidades que a cada dia se aproxima mais do nosso cotidiano através dos programas específicos como o utilizado pelo Orkut.

Sua voz reflete o estado de espírito

Sua fala retrata as emoçõesMas não é só a face que reflete sentimentos: a voz também é um elemento que diferencia as emoções nos seres humanos e também faz parte do estudo da Biometria. Estudos relacionados à fala se espalham e novas tecnologias aparecem para explorar este nicho.

Um sistema criado por Trung Bui para seu doutorado na Universidade de Twente, mostra que a fala pode ser um grande componente no momento de ajudar o usuário no trânsito.

O pesquisador criou um aparelho de GPS (instrumento de orientação de direção) que responde de formas diferentes conforme o motorista muda de entonação na voz. O aparelho identifica a emoção humana para modificar a forma de dar ordens para o usuário, o que evita erros cometidos pelo condutor.

Para isso, Bui utiliza dois tipos de técnicas: a POMDP (Partially Observable Markov Decision Process) e a DDN (Dynamic Decision Network). Essas duas operações combinadas fazem com que o sistema lide com situações inesperadas, de incertezas, e interligam emoções ao diálogo.

Quando o motorista fica estressado, por exemplo, as duas técnicas avaliam a voz e a relacionam com o estresse. Neste caso, o programa confirma as informações dadas com maior frequência, para evitar possíveis erros de localização.

Benefícios

Sistema de segurança para reconhecer rostos da Face Tek - Imagem de Rico Chen

As técnicas de reconhecimento de voz e de rosto detectam as emoções e são características únicas de cada membro da sociedade. A organização das imagens do Picasa é apenas um exemplo de como este tipo de sistema pode auxiliar o usuário.

Em termos de segurança, o reconhecimento facial pode evitar fraudes e substituir as senhas eletrônicas: em alguns computadores, o reconhecimento facial já dá ao usuário uma segunda alternativa à sua senha digitada no teclado. O mesmo pode acontecer no reconhecimento de voz, já tão presente em discagens rápidas de celulares.

Sistemas como o do GPS e as emoções podem resultar em uma otimização de resultados e diminuição dos erros por parte dos motoristas. Uma vez aumentado o estresse, o sistema entra em ação.

As possibilidades abertas com computadores que reconheçam nossas emoções são de extrema importância, pois podem afetar desde esquemas de segurança até os mais altos estudos da robótica. No caso de Kasparov, o Deep Blue, além de ganhar, ainda seria capaz de provocar e tirar um belo sarro da cara do enxadrista, não é mesmo?!

Dica: crie emoticons com a sua cara

Seguindo essa onda de reconhecimentos faciais e emoções, você pode criar emoticons com o seu rosto no Mesenger, mas precisa para isso de boas doses de imaginação e uma webcam.

Para fotografar seu emoticon, entre em Ferramentas>Opções>Alterar imagem. Escolha a opção de imagem dinâmica e faça suas fotos, ligando-as com os emoticons correspondentes. Dessa forma, todas as vezes que você quiser expressar uma emoção, mande o emoticon e sua foto irá mudar conforme seu humor no momento.

Crie emoticons dinâmicos para o MSN Messenger

Mas fique esperto: esta opção só está disponível nas versões mais atuais do Windows Live Messenger. Caso você não tenha atualizado seu mensageiro, esta é a hora. Confira aqui o porquê.

Participe!

Ainda existe muito para se discutir, mas ficamos por aqui. Agora é sua vez de dar suas opiniões e ideias sobre este tipo de tecnologia. O que você faria com um computador que processasse suas emoções? Participe e dê sua opinião.

Cupons de desconto TecMundo: