Uma coisa é fato: em tempos onde a internet é essencial para a maioria das atividades, não se deve arriscar a segurança dos seus arquivos deixando o computador desprotegido. Devido a isso, a utilização de um bom antivírus é crucial, pois ele pode garantir maior confiabilidade e diminuir o risco de prejuízos em todos os sentidos.

O Baixaki testou os principais antivírus da atualidade. Tanto opções gratuitas como pagas podem lhe oferecer segurança, mas escolher o software que guardará seu sistema contra intrusos e pragas é uma decisão que cabe somente a você. Como há vários softwares para realizar esta tarefa, disponibilizamos abaixo alguns gráficos comparando o desempenho, a velocidade e a capacidade de detectar vírus de alguns softwares campeões de download.

Realizando os testes

Evidentemente, não poderíamos realizar um teste desses numa máquina qualquer, porque o risco de estragar o sistema operacional ou até mesmo algum item de hardware é grande. Sendo assim, optamos por utilizar o Windows XP rodando em uma máquina virtual. Evidentemente o desempenho é um pouco menor, mas para efeitos comparativos é um bom método de teste. O computador que utilizamos para rodar o teste foi o seguinte:

  • Pentium IV 3.0 Ghz
  • 512MB RAM
  • Windows XP SP3

Softwares utilizados

Claro que não havia meios possíveis de testar todos os antivírus do Baixaki, por isso tivemos de reduzir o teste a cinco programas principais. Dentre os antivírus gratuitos, escolhemos: AVG, Avira Antivir e Avast. Já entre os softwares privados, usamos: Kaspersky e NOD32. Esses programas foram escolhidos devido à fama que têm e também a qualidade.

Tempo de Varredura

Gráfico comparativo de Tempo

Número de ameaças identificadas

Gráfico comparativo da capacidade de identificar vírus

Relação Custo-Benefício

Gráfico comparativo de custo-benefício

O cálculo para definir a relação custo-benefício foi efetuado através dos preços de cada antivírus e do número de infecções. Quanto maior o número de detecções, mais pontos o antivírus ganha e quanto menor o preço ele também ganha mais pontos. Como apenas o Kaspersky e o NOD32 são pagos, somente eles foram prejudicados no quesito preço.

Utilizamos o preço padrão dos sites, sendo que o Kaspersky custa R$79, 90 e o NOD32 custa R$89, 90 (preços verificados em fevereiro de 2009). O número de detecções foi calculado segundo uma tabela pré-estabelecida, sendo que o único antivírus que recebeu mais de dez pontos neste quesito foi o Kaspersky e os demais tiveram notas mais baixas.

Conclusão

Observando os gráficos comparativos, percebe-se que o Kaspersky é o mais eficiente no quesito detecção de pragas. Já quando o assunto é tempo, ninguém consegue superar o Avast. E quanto à relação custo-benefício, o AVG mostra-se a opção mais interessante. Apesar de estas conclusões serem óbvias, em nossos testes não pudemos analisar a fundo o que cada antivírus apresentou após o resultado da análise.

Vale frisar que em alguns casos um programa ou outro pode ter identificado mais vírus devido ao modo como ele trata cada arquivo. Portanto, o AVG ter identificado mais pragas que seus concorrentes gratuitos não significa, necessariamente, que ele seja imbatível.

Evidentemente, fica a seu critério escolher qual o melhor para sua necessidade. Em caso de adquirir um antivírus, não resta dúvidas que o Kaspersky é de longe o melhor — e também mais barato que o NOD32. Já entre os gratuitos, todos são boas opções, basta você analisar bem o que procura.

Cupons de desconto TecMundo: