(Fonte da imagem: Reprodução/TechCrunch)

Uma pesquisa realizada pela Juniper Research mostra que, em 2018, devem ser produzidos 120 milhões de unidades de phablets, aparelhos de tamanho intermediário que misturam características de smartphones e tablets. A afirmação é feita com dados de 2013, que mostram que 20 milhões de aparelhos do tipo foram enviados às lojas no último ano.

Entre os aparelhos que ajudaram na consolidação desse mercado está o Galaxy Note, da Samsung, atualmente considerado um dos produtos mais importantes da empresa. A primeira versão do gadget vendeu 2 milhões de unidades em questão de quatro meses, enquanto o modelo mais recente do aparelho vendeu 5 milhões de unidades em somente uma semana.

Outras companhias responsáveis pelo crescimento desse segmento são a LG (com o G Flex), a Nokia (com o Lumia 1520), a HTC (com o One Max), a ASUS e a Sony, somente para citar alguns dos nomes mais importantes. Uma ausência notável é a Apple, embora a companhia tenha feito algumas mudanças em seus produtos e lançado o iPad Mini na tentativa de atrair o público interessado pelo mercado de phablets.

Cupons de desconto TecMundo: