A rede varejista britânica Brighthouse encomendou uma pesquisa para descobrir quais os objetos mais sujos que as pessoas costumam ter ou manter por algum tempo na sala de estar de suas casas. Foram avaliados desde controles remotos de televisão até brinquedos infantis, passando também por tablets, smartphones e laptops.

Segundo os critérios de avaliação, quanto maior a pontuação, mais sujo o objeto em questão é. Levando-se em conta a média encontrada, aquilo que alcançasse um máximo de até 100 pontos seria considerado dentro dos padrões de higiene ideal. Depois, esses objetos ainda seriam categorizados em uma escala que varia de 0 (completamente limpo) a 10 (extremamente sujo).

Por incrível que pareça, os itens que alcançaram a menor posição na escala foram as chaves (do carro, de casa, etc) e os brinquedos, que ficaram com o número dois no nível de sujeira. Já os recordistas como objetos mais sujos foram os smartphones, com nota 8 na escala, seguidos dos tablets (nota 7), enquanto controles de vídeo games e laptops empataram na terceira posição com nota 6.

A pesquisa da Brighthouse afirma que os aparelhos da Apple são em média 50% mais sujos do que suas contrapartes com Android, e os tablets com o logotipo da maçã são até cinco vezes mais sujos do que o nível de higiene tolerável. No entanto, contando todos os objetos da pesquisa, foram avaliados um total de apenas 172 itens individuais, o que é uma amostragem muita pequena, mesmo que fosse apenas para uma categoria. Portanto, é bem provável que esses números não espelhem de fato a realidade.

E você, com que frequência costuma limpar os seus gadgets? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: