(Fonte da imagem: Passeios no Rio)

Dizem que brasileiros “adoram gastar o que não têm”. A julgar por um estudo divulgado nesta terça-feira pelo Data Popular, bem, o ditado pode ser bastante verdadeiro. O levantamento aponta que quase metade dos moradores de comunidades carentes no Brasil, comumente alcunhadas de favelas, possui um televisor de plasma na sala da residência.

O estudo do Data Popular revela que 47% dos moradores de favelas possui um televisor de plasma em casa, sendo que 28% das residências têm plano de assinatura de alguma TV a cabo.

Vale ressaltar que a pesquisa, que ganhou o nome de DataFavela, ainda é preliminar e sugere que o aparelho de televisão não é considerado um objeto meramente supérfluo pelos moradores de favelas.

O presidente do Data Popular, Renato Meirelles, enxerga o cenário com positivismo. “A TV é valorizada nas comunidades porque, além de atuar como forma de lazer, funciona como uma espécie de babá eletrônica para entreter as crianças enquanto a mãe trabalha dentro de casa”, explicou o executivo.

O levantamento na íntegra do DataFavela será apresentado no 1º Fórum Nova Favela Brasileira, que ocorrerá no dia 4 de novembro no Rio de Janeiro. O estudo será realizado com as principais comunidades carentes do país.

Cupons de desconto TecMundo: