(Fonte da imagem: iStock)

Dos 52,8 milhões de domicílios brasileiros existentes em 2011, somente 31% possuíam alguma espécie de acesso à internet, aparelho de DVD, máquina de lavar e televisão em cores. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo IBGE e divulgada nesta segunda-feira pela Folha de S. Paulo, que analisou alguns hábitos básicos de consumo no país.

Mesmo que o acesso à internet seja eliminado da equação, o número de moradias que contam com as demais tecnologias chega a somente 34,7%. Entre os lares analisados pelo instituto de pesquisas, 84,9% relataram que o aspecto que mais fazia falta era justamente a disponibilidade de acesso à rede mundial de computadores.

Medida de bem estar social

Os dados compilados pelo IBGE mostram a grande diferença que existe entre as diferentes áreas do país. Enquanto a disponibilidade dos recursos listados chegava a 15,2% na região Nordeste e a 16% no Norte, os bens estavam disponíveis em 38,7% e 38,2% dos domicílios localizados no Sul e Sudeste, respectivamente. Já o Centro-Oeste apresentou uma posição intermediária, registrando uma marca de 28,4%.

Ana Lúcia Sabóia, gerente da Síntese de Indicadores Sociais do IBGE, afirmou que é importante que as casas brasileiras possuam todos os itens listados. Segundo ela, esses itens servem como uma “medida de bem estar da família”.

Cupons de desconto TecMundo: